Bispo evangélico é preso em São Paulo suspeito de estupro de vulnerável

Eduardo Carneiro

Colaboração para o UOL

  • Reprodução/Facebook

    Reinaldo Silvério, bispo da Igreja Boas Novas de Cristo, foi preso em Paulínia (SP)

    Reinaldo Silvério, bispo da Igreja Boas Novas de Cristo, foi preso em Paulínia (SP)

Um bispo evangélico suspeito de estupro de vulnerável foi preso preventivamente nesta terça-feira (1) pela Polícia Civil de Paulínia, interior de São Paulo.

Ao UOL, o delegado Rodrigo Luís Galazzo, que acompanha o caso, informou que Reinaldo Silvério relacionou-se com um garoto de 12 anos e com outro que à época era menor de idade, mas hoje já é maior. Silvério é integrante da Igreja Boas Novas de Cristo.

A polícia acredita que o número de casos pode ser maior e segue com as investigações. Um inquérito sobre o caso foi instaurado no último mês de março, quando a mãe de uma das vítimas registrou a ocorrência na delegacia.

Ainda segundo a denúncia, o bispo buscava fazer amizade com familiares das vítimas para ganhar a confiança e então se aproximar dos menores. Uma página de Reinaldo nas redes sociais vem sendo alvo de ofensas desde a divulgação do caso.

O religioso compareceu à delegacia de Paulínia acompanhado de uma advogada e nega as acusações. Ele deve ser encaminhado nesta quarta ao Centro de Detenção Provisória de Sorocaba, também no interior de São Paulo.

Reprodução/Facebook
Reinaldo Silvério, da Igreja Boas Novas de Cristo, é suspeito de estupro de vulnerável

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos