Banho no mar e 'armário' em poste: a rotina do ex-executivo que mora em aeroporto no Rio

Taís Vilela

Do UOL, no Rio

Nas ruas há cerca um ano meio, Vilmar Mendonça, 58, passa o dia no saguão do terminal de voos do aeroporto Santos Dumont, no centro do Rio de Janeiro, onde faz uso do wi-fi e banheiros, e, à noite, se acomoda em um dos bancos da praça na frente. Após repercussão na imprensa e redes sociais, o ex-executivo que virou morador de rua já recebeu propostas de trabalho, alojamento e até de namoro. 

À reportagem do UOL, o administrador de empresas de Itajaí (SC) especializado em Recursos Humanos contou como é sua rotina (assista ao vídeo). Após trabalhar em multinacionais, Vilmar perdeu o emprego em 2015 e, com o agravamento da crise econômica, se viu obrigado a viver nas ruas.

Logo que acorda, ele faz sua higiene no banheiro do Santos Dumont. No entanto, para banhos, o local escolhido são as águas da baía de Guanabara, na região do aeroporto. Para tirar do corpo o sal do mar, o ex-executivo, que não abre mão de usar camisa social e calça no dia a dia, leva consigo uma garrafa de água doce.

Taís Vilela/UOL

É também com a água do mar que Vilmar lava suas roupas. Seus poucos pertences são acomodados numa espécie de caixa de luz, na base de um poste.

Durante o dia, com seu laptop, o ex-executivo usa a rede de internet do Santos Dumont para prospectar trabalho.

Depois que sua história veio a público, ele conta ter recebido convite para passar as noites em uma pensão na Lapa, também região central do Rio. Apesar da situação vulnerável e da escalada da criminalidade na cidade, Vilmar diz nunca ter sido vítima da violência. 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos