Diego Herculano/AFP

Violência no Rio

Criança baleada na cabeça em arrastão teve 9 paradas cardíacas: "Estamos em espírito de oração"

Marcela Lemos

Colaboração para o UOL, no Rio

  • Reprodução/TV Globo

    "Ele tinha acabado de sair para aproveitar o domingo de sol e fazer um passeio com o pai", relatou o primo do menino Renan dos Santos Miranda

    "Ele tinha acabado de sair para aproveitar o domingo de sol e fazer um passeio com o pai", relatou o primo do menino Renan dos Santos Miranda

O menino Renan dos Santos Miranda, 8, baleado na cabeça neste domingo (3) durante um arrastão em Gramacho, Duque de Caxias, Baixada Fluminense, sofreu nove paradas cardíacas, segundo informou a família da criança. De acordo com Alberto Macedo, 38, primo do menino, ele havia acabado de sair de casa com o pai quando foi atingido pelo disparo dentro do carro.

"Ele estava a dois minutos de casa. Tinha acabado de sair para aproveitar o domingo de sol e fazer um passeio com o pai. Nilton [o pai] manobrou o carro ao perceber a ação dos bandidos que revidaram com muitos tiros. Agora estamos em espírito de oração. O caso dele é muito grave", disse Alberto.

Leia também: "Meu filho saiu para passear, não para receber uma bala na cabeça", diz mãe de baleado em arrastão

De acordo com a polícia, criminosos tentaram fechar a avenida Gomes Freire e abordaram diversos motoristas que estavam na região. Ao perceber a movimentação, o pai do menino, manobrou o veículo e os bandidos efetuaram diversos disparos contra o carro.

Fabiano Rocha/Agência O Globo
04.set.2017 - Amparada pelo filho, mãe de Renan pediu justiça e um basta à violência

Segundo familiares, ao menos cinco tiros atingiram o veículo. Renan estava no banco de trás e foi baleado na cabeça. A criança foi levada pelo próprio pai para o Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, em Saracuruna, também em Duque de Caxias.

Segundo Macedo, os médicos disseram à família que o quadro de saúde da criança é gravíssimo, porém estável e que isso pode ser considerado uma boa notícia devido às circunstâncias. "Os médicos disseram que a não piora já é uma notícia positiva. Estamos rezando.

Renan completou oito anos no dia 16 de abril. Ele passou por uma cirurgia e segue internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do hospital. De acordo com a secretaria de Saúde, o caso dele é considerado gravíssimo. Outros detalhes sobre o quadro clínico do paciente não foram divulgados.

Procurada, a Polícia Civil ainda não deu informações sobre a investigação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos