Travesti de 47 anos é morta a tiros em bar; polícia investiga execução

Lucas Borges Teixeira

Colaboração para o UOL

  • Reprodução/Facebook

Uma travesti foi assassinada em um bar em Santos, no litoral paulista, na manhã do último domingo (3). O suspeito deu dois tiros contra o peito da vítima e fugiu.

Flavia Furtado, 47, tomava cerveja com amigos em um bar na calçada da esquina da Rua João Pessoa com a Avenida Senador Feijó, no centro de Santos, na manhã do último domingo. Por volta das 11h, um homem de chapéu e camisa branca passou pela mesa e atirou duas vezes contra o peito de Flavia e fugiu.

A vítima chegou a ser levada pelos amigos à Santa Casa da cidade, mas, ao chegar à Emergência, não resistiu aos ferimentos e morreu.

As testemunhas já foram ouvidas pela polícia. Segundo depoimentos, o homem, de cabelos grisalhos, teria passado pelo bar em um carro preto e a visto. Depois, teria voltado com o revólver.

Ainda não se sabe a identidade do atirador, mas há a suspeita de que ele era um conhecido de Flavia.

Nas redes sociais, parentes e amigos lamentam o ocorrido. "Mais uma injustiça com um ser humano maravilhoso que vai deixar saudades pela sua simplicidade e humildade, descase em paz", publicou uma amiga na noite do domingo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos