PM faz motorista se ajoelhar, dá tiro para alto e rouba dinheiro após briga em SP

Lucas Borges Teixeira

Colaboração para o UOL

  • Reprodução/TV Globo

    PM obrigou motorista a ajoelhar, deu tiro para o alto e roubou dinheiro de ônibus

    PM obrigou motorista a ajoelhar, deu tiro para o alto e roubou dinheiro de ônibus

Um policial militar foi preso por agredir, ameaçar e roubar um motorista de ônibus depois de um acidente de trânsito em São Paulo. O caso aconteceu no final de setembro. De acordo com a polícia, Rafael Batista Picossi, 32, estava embriagado.

Ao UOL, a Secretaria de Segurança Pública do Estado confirma que Picossi foi autuado em flagrante pelos crimes de roubo, disparo de arma de fogo, embriaguez ao volante, ameaça e lesão corporal. Ele foi enviado ao presídio Romão Gomes e continua preso.

Na tarde do dia 24 de setembro - um domingo -, o carro de Picossi bateu em um ônibus de linha de uma avenida movimentada da zona leste de São Paulo. Armado, o policial fez o motorista descer do ônibus e ajoelhar.

O PM ameaçou o motorista, de identidade não revelada, com disparo de arma de fogo para cima e pediu o dinheiro do caixa do ônibus. Depois do roubo, o homem foi embora em seu carro.

Ao UOL, o ouvidor das Polícias de São Paulo, Júlio Cesar Fernandes Neves, informou que a Ouvidoria irá oficializar a Corregedoria da PM para apurar o caso.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos