Com sensação térmica de 43,1ºC no Rio, trilhos de trem dilatam e interrompem viagens

Do UOL, no Rio

  • Reprodução/Facebook

    Trecho do trilho dilatado próximo à estação Cosmos, na zona oeste do Rio

    Trecho do trilho dilatado próximo à estação Cosmos, na zona oeste do Rio

O forte calor no Rio de Janeiro nesta sexta-feira (19) levou a uma ocorrência rara no Brasil --a dilatação dos trilhos de parte da linha férrea da cidade. As viagens chegaram a ser interrompidas em trechos do ramal Santa Cruz, que atende a zona oeste.

Às 15h15, a estação meteorológica Barra-Rio Centro, também na zona oeste, registrou 43,1ºC de sensação térmica, segundo dados do sistema Alerta Rio. A maior temperatura do dia foi registrada em Santa Cruz, às 12h: 35,9ºC.

De acordo com a Supervia, o chamado "ensarilhamento", nome técnico da dilatação, tem relação direta com as altas temperaturas.

As viagens entre às estações Cosmos e Benjamim do Monte foram suspensas por cerca de 3h30 e o ramal Santa Cruz só voltou a funcionar com regularidade às 19h35.

Ainda segundo o Alerta Rio, o calor deve diminuir um pouco no fim de semana. A previsão é de máximas de até 34ºC com mínima de 21ºC no sábado (20), e máxima de 33ºC com mínima de 20ºC no domingo (21).

Nesta quinta (18), a cidade teve maior sensação térmica do ano e do verão até agora com 45,3ºC registrados na Barra da Tijuca. Em Guaratiba, a temperatura chegou a 42,2ºC.

Segundo meteorologistas, um sistema de alta pressão influencia as condições de tempo no Estado, elevando o calor.

José Lucena/Futura Press/Estadão Conteúdo
Moradores e turistas lotam a praia de Ipanema nesta sexta-feira (19)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos