Chuva forte deixa São Paulo com pontos alagados

Do UOL, em São Paulo

  • Mirthyani Bezerra/UOL

    Carros trafegam em meio a vias alagadas na região da avenida Faria Lima (zona oeste)

    Carros trafegam em meio a vias alagadas na região da avenida Faria Lima (zona oeste)

A cidade de São Paulo entrou em estado de atenção para alagamentos às 16h45 deste domingo (21) por conta de chuvas fortes em várias regiões. Segundo informações do CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas), até as 18h16, isso estava válido para: centro, zonas sudeste, oeste e leste e marginais Pinheiros e Tietê. A partir desse horário, todas as regiões da cidade voltaram à situação de normalidade.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o município registrou 14 quedas de árvores, principalmente na região do bairro de Pinheiros (zona oeste), onde houve registro de granizo às 16h44. Em uma ocorrência de inundação na rua Potiguar Medeiros, duas pessoas ficaram presas dentro de um veículo, retiradas pela equipe de resgate.

Dos três pontos onde ainda há alagamentos, dois ficam no bairro.

A Prefeitura Regional do Itaim Paulista, na zona leste, chegou a ser colocada em estado de alerta pelo CGE às 17h por conta do transbordamento do córrego Lajeado.

Áreas de instabilidade formadas pelo calor, alta disponibilidade de umidade e a entrada da brisa marítima causaram chuvas com forte intensidade e de forma isolada na cidade.

Imagens do radar meteorológico do CGE mostraram precipitação forte nas zonas leste, sudeste e no centro. De acordo com os meteorologistas do centro de monitoramento, as próximas horas serão de tempo instável, com chuvas também em outras regiões da capital.

As orientações do CGE são:

  • evite transitar em ruas alagadas;
  • se a chuva causou inundações, não se aventure a enfrentar correntezas. Fique em lugar seguro. Se precisar, peça ajuda;
  • mantenha-se longe da rede elétrica e não pare debaixo de árvores. Abrigue-se em casas e prédios;
  • planeje suas viagens para que haja menor possibilidade de enfrentar engarrafamentos causados por ruas bloqueadas;
  • em caso de dúvida sobre vias bloqueadas, ligue para a central de atendimento da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), no número 1188, ou entre no site da CET para saber como está o trânsito nas principais vias.

Mirthyani Bezerra/UOL
Pedestre atravessa cruzamento na zona oeste que ficou cheio de água após forte chuva

Na zona leste, o túnel Águia de Haia chegou a ser interditado em ambos os sentidos por causa do acúmulo de água, mas foi liberado por volta de 17h50.

Na zona oeste, o túnel Fernando Vieira de Melo chegou a ser interditado nos dois sentidos por causa de alagamentos, mas foi liberado por volta de 18h30.

Na rua Paulistânia, no Alto de Pinheiros, também zona oeste, foi registrado um desabamento. Equipes de socorro foram enviadas ao local.

Mirthyani Bezerra/UOL
Ônibus coletivo passa por cruzamento na zona oeste cheio de água

A avenida Faria Lima (zona oeste) teve ao menos um cruzamento alagado, na altura da avenida Rebouças, com circulação muito difícil de veículos e ônibus.

A rua Manuel Barbalho de Lima (zona leste) foi considerada intransitável às 17h13. 

O internauta Andrei Santos registrou uma queda de árvore e postou um vídeo.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos