Violência no Rio

Estado de saúde de universitária baleada na praia é grave; namorado pede doação de sangue e orações

Marcela Lemos

Colaboração para o UOL, no Rio

  • Arquivo Pessoal

O estado de saúde da estudante Larisse Isídio da Silva, 21, baleada neste domingo (21) na praia da Reserva, zona oeste do Rio de Janeiro, é grave. O quadro da jovem é, contudo, estável, segundo informou nesta segunda-feira (22) a Secretaria Municipal de Saúde.

A jovem foi baleada na barriga após um criminoso abordar um policial militar que estava na praia de folga com a família. O agente reagiu e o criminoso ao fugir efetuou disparos. Um deles atingiu a banhista que foi socorrida no hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, onde passou por cirurgia e está internada.

Larisse Isídio é estudante de Engenharia Química da PUC-Rio. Neste domingo, o DCE (Diretório Central dos Estudantes) da universidade fez um apelo por doação de sangue.

O namorado da jovem, Elizaldo Junior, que estava com ela quando foi atingida, também solicitou doações de sangue tipo O nas redes sociais. Neste domingo, ele também pediu orações pela vida de Larisse.

"Independente de credo, peçam pela vida da Larisse Isídio da Silva. Por favor, eu suplico", escreveu o jovem.

Quem quiser doar sangue deve procurar o Hemorio, localizado na rua Frei Caneca 8, no centro. O doador precisa informar o nome da paciente para quem está doando e atender alguns requisitos básicos como ter entre 18 e 69 anos e peso igual ou superior a 50 kg.

Reprodução
21.jan.2018 - Jovem foi baleada na praia da Reserva, zona oeste do Rio

Nesta segunda-feira (22), ele agradeceu as manifestações de apoio que tem recebido.

"Obrigado a todos pelas manifestações de carinho. Conforta saber que ela é uma pessoa tão querida por muitos. Deus nos abençoe", escreveu no Facebook.

O caso está sendo investigado pela 16º DP. De acordo com a Polícia Militar, até o momento ninguém foi preso. A polícia busca por um segundo criminoso que teria dado cobertura ao atirador. A dupla conseguiu fugir em uma moto.

Jovem vendia doces para pagar aluguel

Larisse é bolsista da PUC-Rio. Ela concluiu o segundo grau no Colégio e Curso PH, onde também estudava com bolsa de estudos.

O ensino fundamental foi cursado na Escola Municipal Ceará, em Inhaúma, zona norte da capital fluminense. Para ajudar a bancar os estudos, a jovem vendia doces na faculdade --palha italiana, brigadeiro, brownie e bolo de chocolate. Ela estava sempre com um bolsa térmica vermelha andando pela faculdade.

Engajada no serviço voluntário, Larisse também é conhecida por ser muito religiosa. Ela e o namorado frequentam a Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe, em Inhaúma.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos