Empresário é esfaqueado em casa após encontro marcado pelo Tinder

Wanderley Preite Sobrinho

Colaboração para o UOL

  • Reprodução/Facebook

Um empresário de 69 anos foi esfaqueado dentro de casa em um condomínio de luxo na zona Oeste do Rio na noite de terça-feira (30). Roberto Del Cima, 69 anos, foi surpreendido por uma mulher de 22 anos - conhecida apenas por Vivian - que ele encontrou pelo Tinder, aplicativo de relacionamentos.

Del Cima foi esfaqueado diversas vezes em seu quarto no Condomínio Santa Mônica Jardins, na Barra da Tijuca, informou a Polícia Civil ao UOL. O empresário marcou um encontro com Vivian, que levou consigo um comparsa, que teria se escondido dentro do porta-malas do carro em que a suspeita chegou.

A empregada doméstica de Del Cima é a principal testemunha ouvida pelo 16º Departamento de Polícia. Ela contou que Vivian chegou às 22h e jantou com o empresário antes de subirem para a suíte. Por volta da 1h30, ela ouviu o empresário gritar por socorro.

A funcionária saiu de seu quarto e chegou a ver o comparsa subindo a escada que levava ao dormitório do empresário. Ela, então, fugiu pelo telhado da casa, pulou o muro e pediu ajuda na portaria do prédio.

Antes que a polícia chegasse, o casal fugiu em um Jeep Renegade branco levando consigo joias, relógios e um laptop.

Revirada, a suíte ficou suja de sangue, que ficou espalhado pelo closet e banheira de hidromassagem. Del Cima ainda não foi ouvido pela polícia porque segue internado no Hospital Barra D'Or. Seu quadro de saúde é estável.

O crime foi registrado como tentativa de latrocínio. Os oficiais pediram acesso às câmeras de segurança do condomínio e já suspeitam da identidade do comparsa.

Ao UOL, o Tinder destacou que irá cooperar com as autoridades durante as investigações e diz priorizar a segurança de seus usuário para evitar esse tipo de ocorrência.

"Estamos profundamente entristecidos por esses horríveis eventos. Nossos pensamentos e orações estão com a vítima e seus entes queridos. Estamos aguardando mais informações à medida que este caso é apurado e iremos cooperar plenamente com a aplicação da lei durante essa investigação. Levamos a segurança de todos os nossos usuários muito a sério, continuamente aconselhando as milhares de pessoas que estão no Tinder a serem vigilantes, reportarem qualquer atividade suspeita e prestarem atenção as nossas dicas de segurança, disponíveis online e também no aplicativo."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos