Violência no Rio

Criminosos armados com fuzis gravam vídeo durante comboio no Rio

Marcela Lemos

Colaboração para o UOL, no Rio

Um vídeo que circula na internet mostra bandidos fortemente armados com fuzis circulando em ao menos cinco carros, entre eles uma pick-up, pelas ruas de um bairro de Belford Roxo, na Baixada Fluminense.

Nas imagens é possível observar homens sentados nas janelas dos veículos exibindo as armas e conversando. Os carros passam em alta velocidade e em plena luz do dia pelas vias do bairro Bom Pastor.

A Polícia Civil investiga o caso e disse que dois criminosos que aparecem no vídeo já foram identificados. Na gravação, eles aparecem exibindo os fuzis para cima.

Dois deles foram chamados pelo bandido responsável pelas imagens de Pipoca e Raimundinho. Ele afirma ainda que o grupo integra a "Tropa do Careca".

Em um outro momento do vídeo, um dos bandidos enfatiza a quantidade de fuzis dos traficantes: "É muito fuzil, mané".

Nos diálogos gravados é possível ouvir ainda: "Vamos tomar o Zé", o que pode ser uma referência a favela da região (Parque São José), onde o vídeo foi gravado. No local há uma disputa pelo tráfico de drogas.

De acordo com as primeiras informações, as imagens teriam sido feitas nesta segunda-feira (2).

O delegado titular da 54ª DP (Belford Roxo), Luiz Henrique Ferreira Guimarães, informou que foram instaurados inquéritos policiais para apurar o caso.

"O grupo é responsável por roubos de carros na cidade", afirmou o delegado. Procurada, a Polícia Militar ainda não se manifestou.

Reprodução
Dois homens foram chamados de Pipoca e de Raimundinho por quem gravava

Bairro é o mesmo onde gestante foi baleada

O bairro Bom Pastor onde as imagens foram gravadas é o mesmo onde a gestante Michelle Ramos da Silva Nascimento Araújo, 33, foi baleada na cabeça durante uma tentativa de assalto. Ela estava grávida de oito meses.

O caso ocorreu no dia 13 de janeiro. A mulher precisou passar por uma cirurgia de emergência. Ela recebeu alta no dia 21 e o bebê 23 dias depois sem sequelas.

Violência em Belford Roxo

Foi ainda em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, que a professora Tania Maria Lima, 51, foi baleada na cabeça também durante uma tentativa de assalto em um arrastão na avenida Automóvel Clube, no bairro de Três Setas. O caso ocorreu na última quarta-feira (28).

Durante a abordagem dos bandidos, a professora teve dificuldades em deixar o carro e acabou baleada. Tania pertencia à rede municipal de ensino de Belford Roxo e tinha acabado de sair de deixar a escola onde trabalhava como diretora após uma comemoração de Páscoa. No domingo (1º), seu estado de saúde ainda era grave.

No mesmo dia, o secretário municipal de Defesa Civil e Ordem Pública da cidade, Marcos Wander Silva de Oliveira, 42, foi assassinado a tiros após bandidos perceberem que ele era um PM durante tentativa de assalto. Marcos era policial reformado.

No dia 23 de março, um sargento da Polícia Militar foi baleado durante um confronto com traficantes na Favela Gogó da Ema. Maurício Chagas Barros, de 37 anos, era lotado no batalhão de Belford Roxo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos