Violência no Rio

Agente penitenciário é morto na frente do filho de 9 anos no Rio

Marcela Lemos

Colaboração para o UOL, no Rio

O agente penitenciário Anderson Barbosa, 40, foi morto na manhã desta sexta-feira (27) na frente do filho de nove anos, na Baixada Fluminense. O agente estava em seu carro quando homens armados cercaram o veículo e efetuaram disparos.

Devido a ação, o agente perdeu o controle do carro e acabou colidindo em um poste. O caso ocorreu na rua Denver, no bairro Nova Pian, em Belford Roxo.

O agente foi socorrido para um hospital da região por policiais militares que foram acionados. Porém, ele morreu antes de chegar à unidade.

Segundo informações do 39° BPM (Batalhão da Polícia Militar), a criança que estava dentro do carro teve ferimentos leves e foi levada por vizinhos de volta para casa.

De acordo com as primeiras informações, nada foi roubado do veículo, nem mesmo a arma de Anderson.

O agente penitenciário havia acabado de sair de casa quando foi abordado. Ele se deslocava para a casa da avó da criança quando foi baleado. A polícia apura se ele reagiu a uma tentativa de assalto.

Anderson já foi cabo da PM, mas deixou a corporação e trabalhava atualmente como inspetor penitenciário.

A Delegacia de Homicídios foi acionada para realizar perícia no carro.

Em nota, a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) informou que Anderson era lotado no Grupamento de Serviços de Segurança Externa. O texto disse ainda que "a Seap prestará auxílio aos familiares do servidor"

PMs baleados na Linha Amarela

Nesta quinta-feira (26), dois policiais militares do 15° BPM (Duque de Caxias) foram baleados em confronto com bandidos que tentavam fechar a Linha Amarela - via que liga as zonas norte e oeste da cidade - para cometer assaltos.

Os policiais, que estavam de folga, flagraram a ação e reagiram. O caso ocorreu na altura da Cidade Universitária, na Ilha do Fundão.

O sargento Alexandre de Morais, 47, foi ferido com quatro tiros no braço esquerdo, mão esquerda e de raspão na cabeça e no rosto. Já o cabo João Braga Júnior foi baleado de raspão nas costas.

Morais foi levado para o Hospital Geral de Bonsucesso, na zona norte do Rio. Seu quadro de saúde é estável.

Os bandidos envolvidos na ação conseguiram fugir.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos