Cenipa investiga queda de helicóptero que levava noiva em Vinhedo (SP)

Fabiana Marchezi

Colaboração para o UOL

  • Reprodução/Redes Sociais

Analistas do Quarto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos, órgão regional do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) iniciaram neste domingo (6) as apurações sobre a queda do helicóptero que levava uma noiva ao casamento. O acidente aconteceu no final da tarde de sábado (5), na casa de eventos Castelo dos Vinhais, em Vinhedo (a 83 quilômetros de São Paulo).

Além da noiva e do piloto, a aeronave transportava uma criança e o fotógrafo do casamento. Todos estão bem. Após o susto, por decisão dos noivos, o casamento foi retomado. A situação do helicóptero - prefixo PRVIA, modelo R44 II - era regular, segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

De acordo com o Cenipa, neste domingo, os investigadores estiveram no local do acidente para fotografar cenas, retirar partes da aeronave para análise, reunir documentos e ouvir relatos de pessoas que possam ter observado a sequência de eventos.

Leia também: 

Segundo nota divulgada pelo órgão, a investigação tem o "objetivo de prevenir que novos acidentes com as mesmas características ocorram".

Ao UOL, o empresário Rui Garcia, dono da Alter Aviation, proprietária do helicóptero, lamentou o acidente e disse que o piloto é muito experiente e realiza voos para a empresa há três anos. Ele relatou que a aeronave partiu do Aeroporto de Jundiaí e que o voo durou cerca de 15 minutos.

"Era um voo fotográfico, bem curto. Ele estava muito acostumado a realizar esses voos. Ele é muito experiente, muito cuidadoso e deve estar tão abalado quanto eu com tudo isso. Realmente ainda não consegui entender o que pode ter acontecido", comentou Garcia.

O empresário disse também que ainda não falou com o piloto porque tem certeza de que ele está bastante traumatizado com o acidente e vai esperar que ele se recupere. "Vou esperar porque entendo que ele está bastante traumatizado. Graças a Deus estão todos bem. Agora, é trabalhar para superar o trauma e recuperar o prejuízo", disse. Além do helicóptero acidentado, a empresa tem apenas mais uma aeronave do mesmo modelo, segundo Garcia.

"Em relação à situação da aeronave eu estou bastante tranquilo. Está totalmente regular, tudo em dia", concluiu. O UOL confirmou por meio do site da Anac que a situação do helicóptero era regular. A aeronave, fabricada em 2008 pela Robinson Helicopter, tinha autorização para transportar o piloto e mais três passageiros até 2020. Além disso, o helicóptero podia realizar voos noturnos e a inspeção anual de manutenção venceria apenas no mês de julho.

O acidente

Helicóptero que levava noiva cai em Vinhedo (SP)

O helicóptero que levava a noiva atingiu uma das torres do castelo, caiu e pegou fogo na chegada à cerimônia, por volta das 17h30 de sábado (5). A noiva, o fotógrafo, uma criança e o piloto, que ocupavam a helicóptero, estão bem.

Segundo informou o Corpo de Bombeiros ao UOL, a noiva saiu ilesa. Os outros três ocupantes tiveram ferimentos leves e foram encaminhados a um hospital da cidade, mas foram liberados pouco tempo depois. A aeronave explodiu assim que os passageiros a deixaram e o fogo foi rapidamente controlado pelos bombeiros. O acidente será investigado pela Polícia Civil.

Por meio de nota divulgada em rede social, pouco depois do acidente, o Castelo dos Vinhais informou que, por solicitação dos noivos, o casamento foi retomado. "Os ocupantes foram resgatados e prontamente atendidos. Não houve vítimas ou feridos. Todos convidados, noivos e tripulante estão bem e o evento transcorre conforme solicitação dos próprios noivos. Nos mantemos à disposição para auxílio aos envolvidos", diz o comunicado.

O UOL tentou contato com a casa de eventos neste domingo para apurar as condições do local e saber se houve abalo na estrutura em razão do choque, mas não teve retorno.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos