Topo

Tragédia em Brumadinho: Número de mortos sobe a 165; desaparecidos são 160

Do UOL, em São Paulo

10/02/2019 14h47

O número de mortos na tragédia de Brumadinho (MG) subiu para 165, segundo novo boletim da Defesa Civil e do gabinete militar de Minas Gerais divulgado neste domingo (10). Entre os corpos já resgatados, nove ainda não foram identificados. Há ainda 160 desaparecidos e 138 desabrigados. 

As buscas entraram pelo 17º dia neste domingo. O foco da atuação das equipes de resgate está sendo na usina ITM, na área administrativa (refeitório, casa e estacionamento), na área da ferrovia, em áreas de acúmulo de rejeito. Há 35 homens em campo na busca pelas vítimas. 

Segundo o Corpo de Bombeiros, está sendo empregado um total de 352 do efetivo, composto por bombeiros mineiros, de outros estados e militares da Força Nacional. Nove voluntários auxiliam o trabalho das equipes. 

Há ainda 35 máquinas pesadas em operação, como escavadeiras. O uso delas foi iniciado no dia 4 nas margens da região atingida, onde os rejeitos são mais secos e rasos. 

Ao todo, 11 aeronaves sobrevoam a região e os bombeiros ainda contam com o trabalho de 19 cães farejadores. 

Brumadinho no NYT

A tragédia de Brumadinho estampou a capa deste domingo no jornal norte-americano The New York Times. A reportagem especial destaca que outra tragédia desta magnitude poderá acontecer novamente, uma vez que o Brasil possui outras 88 barragens do mesmo tipo da barragem da Mina do Córrego do Feijão. 
 

"Não é acidente, é chacina"; relatos de parentes das vítimas

UOL Notícias

Mais Cotidiano