Topo

Menino morre após escorpião picar no DF; 'faltou soro no hospital', diz mãe

Jessica Nascimento

Colaboração para o UOL, em Brasília

01/07/2019 20h39

Christian Silva de Jesus, 4, morreu na última sexta-feira (28) após ser picado por um escorpião em Taguatinga, no Distrito Federal. A criança foi atacada enquanto dormia.

Levado ao Hospital Regional de Taguatinga, o menino não recebeu imediatamente todas as doses de soro de que precisava, segundo relato dos pais. A Secretaria de Saúde do Distrito Federal não explicou ao UOL o motivo da falta do soro.

"O médico teve que ir atrás [do soro]. Foi um desespero. Perdi meu chão quando o médico disse que o quadro dele estava grave. Ele teve algumas paradas cardíacas e foi reanimado. Mas o coraçãozinho dele não aguentou", conta Lorraine de Jesus, 27, mãe do garoto.

Christian Jesus tinha 4 anos - Arquivo pessoal
Christian Jesus tinha 4 anos
Imagem: Arquivo pessoal
Lorraine diz que a criança foi atendida com agilidade, mas havia apenas duas doses de soro na unidade - e o caso exigia ao menos três.

Ela relata que um médico lutou contra a burocracia do hospital e foi até outra unidade buscar mais doses. Mas a criança morreu após sucessivas paradas cardíacas.

O corpo do menino foi enterrado neste domingo (30).

Desespero na madrugada

Lorraine diz que o filho acordou chorando durante a madrugada à 1h, com fortes dores. Às 17h40, Christian morreu.

"Quando eu levantei, ele estava gritando e balançando a perninha. Meu marido foi até o quarto, viu que era escorpião e eu já me desesperei", diz a mãe.

Lorraine diz também que a presença de escorpiões é frequente na rua onde mora e outros vizinhos foram picados.

Em nota, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal informou que a equipe da vigilância ambiental na casa da família, mas não foi autorizada a entrar.

Neste ano, até 22 de junho, O DF registrou 618 casos - aumento de 24% na comparação com o mesmo período do ano passado.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Cotidiano