Topo

Justiça mantém presos os 4 suspeitos de invadir celular de Moro e outros

 Mateus Bonomi/Folhapress
Imagem: Mateus Bonomi/Folhapress

Do UOL, em São Paulo

11/09/2019 08h59

O juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara Federal de Brasília, decidiu manter presos os quatro suspeitos de invadir os celulares de autoridades políticas, entre eles o ministro da Justiça, Sergio Moro, e o procurador Deltan Dallagnol. As informações são da GloboNews.

A Polícia Federal havia pedido que apenas que os suspeitos Gustavo Henrique Elias Santos e Walter Delgatti Neto tivessem as prisões preventivas mantidas. No entanto, o Ministério Público solicitou que os Suelen Priscila de Oliveria e Danilo Crisiano Marques também permanecessem presos.

Os quatro estão presos desde junho e são investigados pela Operação Spoofing, da Polícia Federal.

Mais Cotidiano