Topo

Trio incendeia casa de idosa durante perseguição a homem no Amazonas

Detalhe da casa de Raimunda Alves da Gama, 75, que foi incendiada - Reprodução
Detalhe da casa de Raimunda Alves da Gama, 75, que foi incendiada Imagem: Reprodução

Bruna Chagas

Colaboração para o UOL, em Manaus

11/09/2019 19h16

A casa de uma mulher de 75 anos foi incendiada ontem por um trio após um homem que eles estavam perseguindo se esconder dentro da residência, em Itacoatiara, a 176 quilômetros em linha reta de Manaus.

Raimunda Alves da Gama não estava em casa, mas a filha e netos dela presenciaram o incêndio. Ninguém ficou ferido. A casa de madeira foi totalmente destruída.

Três indivíduos ainda não identificados chegaram ao local e efetuaram disparos na direção de um outro homem, conhecido como "Jonas", que estava fugindo e se escondeu na casa da idosa. O homem escapou, e o trio colocou fogo no imóvel.

Segundo uma das netas que presenciaram a ocorrência, Jamily Alves de Lima, 22, ela e mais cinco pessoas que moram com Raimunda - entre elas uma criança e uma adolescente - estavam na casa. "Assim que o avistaram [o homem em fuga], eles começaram a atirar, e todos nós abaixamos. Eles diziam que não iam machucar a gente, apenas queriam o Jonas. E nós conseguimos fugir quando eles continuaram a caça ao homem".

Ainda segundo Jamily, a prima de 15 anos correu e viu o momento em que o trio tocou fogo na residência. Segundo ela, eles acreditavam que se tratava do endereço do homem.

Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal
Por ainda estar muito abalada, Raimunda não quis falar com a reportagem. "Ela construiu essa casa, é viúva há 15 anos e todos nós ajudávamos financeiramente. Ela chorou muito e hoje conseguiu dormir um pouco", disse a neta.

O fogo consumiu rapidamente a casa, que era de madeira. Houve desespero no local e o Corpo de Bombeiros encontrou dificuldade de controlar as chamas, por se tratar de um lugar de difícil acesso. Apesar disso, o fogo foi controlado e não se alastrou para outras residências vizinhas.

A idosa proprietária do imóvel perdeu tudo. O caso revoltou os moradores do município, que já se uniram e estão arrecadando roupas e alimentos para senhora que está morando na casa de uma das filhas.

Segundo o delegado Paulo César Barros Filho, titular da Delegacia Especializada de Polícia do município, a idosa disse não conhecer o infrator que entrou na casa dela para se esconder do trio. Barros Filho afirmou que estão sendo realizadas diligências para identificar os envolvidos e tomar as providências cabíveis em relação ao caso.

Mais Cotidiano