Topo

Incêndio mata homem e bebê na zona norte do Rio

17.set.2019 - Incêndio mata homem e bebê na zona norte do Rio - Reprodução/Centro de Operações Rio
17.set.2019 - Incêndio mata homem e bebê na zona norte do Rio Imagem: Reprodução/Centro de Operações Rio

Marina Lang

Colaboração para o UOL, no Rio

17/09/2019 13h58Atualizada em 17/09/2019 15h18

Um homem e um bebê de um ano morreram hoje em um incêndio em uma casa no bairro de Higienópolis, na zona norte do Rio de Janeiro.

A identidade de ambos não foi informada pelo Corpo de Bombeiros. Segundo a corporação, o acionamento dos bombeiros ocorreu por volta das 8h40 na rua Ubiratã.

O COR (Centro de Operações Rio) informou que a via foi interditada na altura da Rua Andriara para conter as chamas. O incêndio já foi controlado e a via, liberada, segundo o Corpo de Bombeiros.

De acordo com informações do jornal "Extra", vizinhos relataram que se tratam de pai e filho, e que o pai tentou salvar a criança passando-a por uma janela com grades, mas que não conseguiu. O homem foi identificado como Marley e o bebê se chamava Gabriel.

As causas do incêndio ainda não foram esclarecidas. A mãe não estava na residência, de acordo com os vizinhos que relataram o incidente ao jornal. O síndico do prédio informou que a família veio de Angola há 20 anos, e que o bebê era muito amado e querido pelos seus pais.

Trata-se do terceiro incêndio na zona norte em menos de uma semana. Ontem, um incêndio em uma cobertura na Tijuca não deixou feridos.

Na última quinta-feira (12), o Hospital Badim, no Maracanã, pegou fogo. No começo da tarde de hoje, a assessoria de imprensa do hospital confirmou que duas pacientes de 89 e 98 anos, que estavam internadas, morreram. O número de mortos em decorrência do incêndio na unidade hospitalar chegou a 14 pessoas. Outras 59 --entre elas pacientes, colaboradores e familiares-- permanecem internadas.

Cotidiano