Topo

Homem que fingia ser cirurgião plástico é preso em Fortaleza

Falso cirurgião plástico foi preso em Fortaleza - Reprodução/Instagram
Falso cirurgião plástico foi preso em Fortaleza Imagem: Reprodução/Instagram

Hygino Vasconcellos

Colaboração para o UOL, em Porto Alegre

20/09/2019 18h31

Um homem de 32 anos foi preso na manhã de hoje ao se passar por cirurgião plástico em Fortaleza, no Ceará. Conforme o titular da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF), delegado Eduardo Tomés, ele atuava como maqueiro de um hospital da cidade e tinha acesso a áreas restritas da unidade, como o bloco cirúrgico.

No local, ele fazia fotografias e postava em redes sociais utilizando jaleco, estetoscópios e roupas cirúrgicas. O homem passou a ser investigado há um ano e quatro meses, após a polícia receber uma denúncia da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

Na manhã de hoje, a polícia foi até a residência dele para cumprir mandados de busca e apreensão. Entretanto, foram encontrados documentos falsos e até um contracheque no qual ele se apresentava como médico residente, além de um celular. Devido à documentação, o homem acabou sendo preso em flagrante por estelionato e falsificações de documento particular e ideológica.

"Tivemos acesso a mensagens nas quais ele negociava consultas. Não temos comprovação de que ele chegou, de fato, a fazer alguma consulta como cirurgião plástico", observa o delegado.

Para a polícia, o homem confessou que se passava por cirurgião plástico, mas negou que tenha atendido algum paciente. "Na versão dele, ele criou o perfil falso para atrair mulheres e ter relacionamento amoroso", acrescenta o delegado. Agora, com a quebra do sigilo bancário, os investigadores pretendem analisar a conta bancária do maqueiro e constatar depósitos de valores de possíveis pacientes. "Vamos verificar se alguma mulher foi lesada por ele", salientou o delegado.

Cotidiano