PUBLICIDADE
Topo

Famoso na web, "Bunitinho" morre em operação da PM após sair de baile funk

Conta do Instagram de Diego de Farias Pinto, o "Bunitinho", tem mais de 400 mil seguidores - Reprodução/Instagram
Conta do Instagram de Diego de Farias Pinto, o "Bunitinho", tem mais de 400 mil seguidores Imagem: Reprodução/Instagram

Bruna Alves

Colaboração para o UOL, em São Paulo

05/12/2019 13h05

Resumo da notícia

  • Bunitinho foi baleado após baile funk no Morro do Dendê, na zona norte do Rio
  • Outras três pessoas morreram após serem baleadas durante operação do Bope
  • O governador Wilson Witzel disse que a polícia foi atacada com tiros de fuzis

Diego de Farias Pinto, fenômeno da internet conhecido como Bunitinho, morreu baleado após sair de um baile funk na madrugada de hoje (5), durante operação da Polícia Militar, na comunidade conhecida como Morro do Dendê, na Ilha do Governador, zona norte do Rio. Além dele, outras três pessoas foram baleadas e também morreram.

Sempre com um sorriso no rosto, Bunitinho ficou famoso nas redes sociais no ano passado por protagonizar diversos memes. Dentre eles, o "Sextou" e "Bunitinho", de sua própria autoria, eram os mais conhecidos. Ele tinha 440 mil seguidores no Instagram e 99 mil inscritos no Youtube e, após divulgação de sua morte, os números não param de subir.

A morte

De acordo com a PM, houve uma operação do Bope (Batalhão de Operações Especiais) contra lideranças do tráfico na comunidade. Após a chegada da equipe, houve forte confronto e, depois de cessarem os disparos, os policiais disseram ter encontrado o carro em que estava Bunitinho e mais três pessoas, que ainda não foram identificadas oficialmente.

Ainda não se sabe de onde partiram os tiros que mataram as quatro pessoas.

As vítimas foram levadas para o Hospital Municipal Evandro Freire, mas nenhuma resistiu. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro, o humorista chegou ao local com vida, mas teve uma parada cardiorrespiratória e morreu no hospital. Um policial do Bope também ficou ferido e foi socorrido no Hospital Central da Polícia Militar.

Bunitinho teria sido convidado para se apresentar no baile funk onde foi comemorado o aniversário do chefe do tráfico na região, conhecido como Chapola. A PM afirmou, por meio de nota, que recebeu informações do setor de inteligência de que haveria essa reunião de lideranças do tráfico no local e, por isso, invadiu a comunidade.

Segundo a Polícia Civil, já foi realizada perícia no local e no veículo em que estavam as vítimas. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios da Capital.

No Twitter, o governador do Rio, Wilson Witzel (PSC), disse que criminosos atiraram com fuzis contra a polícia na comunidade tomada por "narcoterroristas". Ele também afirmou que determinou "apuração rigorosa pela Delegacia de Homicídios sobre as 4 mortes".

Ainda não há informações sobre velório e enterro de Bunitinho. Nas redes sociais, famosos lamentaram sua morte.

Cotidiano