PUBLICIDADE
Topo

Bilhetes são espalhados por Registro (SP) para denunciar suposta traição

Bilhetes foram espalhados pelas ruas de Registro (SP) - Reprodução
Bilhetes foram espalhados pelas ruas de Registro (SP) Imagem: Reprodução

Daniel Leite

Colaboração para o UOL, em Juiz de Fora (MG)

10/12/2019 15h02

Moradores de Registro, a 191 km de São Paulo, tentam descobrir quem espalhou bilhetes denunciando uma suposta traição envolvendo uma mulher, que seria comerciante, e um homem, professor de artes marciais, de acordo com fotos espalhadas em redes sociais. A cidade tem 56 mil habitantes e o assunto tem sido muito comentado.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Estado, por enquanto ninguém prestou queixa sobre o caso nas delegacias. Mas na loja onde teoricamente trabalha a mulher, a informação passada à reportagem é a de que o estabelecimento prefere não se pronunciar porque "atrapalha a investigação". Perguntado se eles procuraram a polícia, o homem que atendeu a reportagem do UOL disse preferir não comentar o assunto, e encerrou a ligação.

Já a academia onde trabalha o homem se pronunciou em comunicado nas redes sociais, chamando o bilhete de "criminoso". Os proprietários repudiaram o ato e afirmaram que o estabelecimento vai prestar apoio ao funcionário e ao casal, que são amigos e clientes, segundo a nota. As informações espalhadas foram tratadas como "uma inverdade imoral e criminosa" que será solucionada pelas "autoridades competentes". Ninguém atendeu no telefone da academia.

Os bilhetes foram jogados na calçada em frente à loja onde supostamente trabalha a mulher, no centro de Registro. Neles, é insinuada uma traição dela com um treinador de muay thai. Segundo o bilhete, o assunto terá continuidade, com fotos. "Próxima edição vem com fotos".

Os papéis espalhados teriam aparecido ontem, logo foram fotografados, e as imagens, compartilhadas em grupos de WhatsApp.

A funcionária de uma casa de materiais de construção disse ao UOL, por telefone, conhecer os envolvidos, mas não sabe quem pode ter espalhado os papéis. "Pelo jeito vem mais coisa. É aguardar as cenas do próximo capítulo, infelizmente". Já o atendente de um hotel afirmou ter ficado sabendo hoje do ocorrido. Segundo ele, várias pessoas tomaram conhecimento do caso por fotos. "Foto tem muitas espalhadas. Todo mundo tem. Espalha logo, aqui é cidade pequena."

Cotidiano