PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
4 meses
Técnica de enfermagem xingada por médico relembra o caso: 'Tremia tanto'

Jhuliana Ferreira foi xingada por médico - Reprodução/TV GLobo
Jhuliana Ferreira foi xingada por médico Imagem: Reprodução/TV GLobo

Do UOL, em São Paulo

17/02/2020 14h54

A técnica de enfermagem Jhuliana Ferreira falou sobre um caso que viralizou na semana passada. Ela foi xingada por um médico, que estava na condição de paciente em um hospital na cidade de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, e afirmou que ela e o marido choraram juntos ao conversarem depois do ocorrido.

"Na hora eu me tremia tanto... Foi um misto de sentimentos. Deu medo, deu angústia, vontade de chorar. Me senti pressionada ali. E com raiva também. Eu sou um ser humano", desabafou ela, durante o Encontro, programa apresentado por Fátima Bernardes. "Mas tive a consciência de que alguém estava precisando do meu cuidado, então eu só fiquei com o pensamento: 'eu preciso continuar com o que estou fazendo. É o meu trabalho e eu vou continuar'".

O médico, José Gilberto Luna Sobrinho, se redimiu nas redes sociais.

Um dos momentos delicados foi contar para o marido o caso pelo qual passou.

"A primeira noite em si foi complicada. Meu marido sabe. Quando eu contei o acontecido [a gente] só sabia chorar junto. Por que é ruim passar por uma situação dessa onde dentro da sua casa, com a sua família, você nunca vivenciou. E você ouvir tudo aquilo de um estranho", lamentou Jhuliana. Ela disse estar recebendo apoio do Conselho Regional de Enfermagem, da instituição onde trabalho, de colegas e da família. "Minha cabeça está bem tranquila, eu sei que eu fui um alvo ali. Eu não fiz nada para que aquilo acontecesse".

Cotidiano