PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
9 meses
Enchente inunda sede de ONG que abriga 120 animais para adoção no Rio

Igor Mello

Do UOL, no Rio

02/03/2020 13h09

O grande volume de chuvas que atingiu a região metropolitana do Rio de Janeiro desde o último sábado (29) inundou a sede da ONG Focinhos de Luz, que abriga animais para a adoção, em Sepetiba, zona oeste do Rio. Segundo a ONG, 120 animais ficaram ilhados no local.

As fotos de cães e gatos tentando escapar do alagamento viralizaram nas redes sociais. A ONG vem fazendo uma campanha pedindo ajuda, sobretudo por meio de lares temporários para retirar os animais do local.

"Nossos gatis e canis foram muito afetados e estão completamente alagados, o que coloca os animais em risco", afirmou a ONG em seu perfil no Instagram.

A zona oeste concentrou as áreas mais atingidas pela chuva na capital, segundo o COR (Centro de Operações Rio). Os maiores acúmulos de água desde o final de semana ocorreram nos bairros de Santa Cruz (200,8 mm) e Bangu (183,2 mm), ambos na região. Das três mortes confirmadas na cidade do Rio por conta das chuvas, duas ocorreram na zona oeste: uma mulher de 75 anos morreu eletrocutada na Taquara, enquanto um homem morreu no desabamento de um imóvel no Tanque. A terceira vítima morreu na comunidade de Acari, na zona norte. Há ainda mais uma morte confirmada no município de Mesquita, na Baixada Fluminense.

A capital fluminense entrou em estágio de alerta à 0h20 de ontem. O estágio de alerta é o quarto nível em uma escala de cinco e significa que uma ou mais ocorrências graves impactam a cidade.

A Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil da cidade do Rio recebeu desde a noite de sábado 349 chamados, sendo os principais por desabamento de estrutura (121), deslizamento de barreiras e encostas (79), ameaça de desabamento de estrutura (63) e imóveis com rachadura e infiltração (31). Os bairros mais afetados são Realengo, Taquara, Campo Grande, Bangu e Deodoro, todos na zona oeste, e Tijuca, na zona norte.

De acordo com o COR, está prevista chuva de "moderada a forte" para a manhã e tarde de hoje. A partir da noite, a chuva perde a intensidade, podendo ser "fraca a moderada". Também é possível que ocorram rajadas de ventos fortes à tarde.

Cotidiano