PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
5 meses
Prefeito de Santos fala em chuva 'desproporcional'; Doria lamenta mortes

Do UOL, em São Paulo

03/03/2020 10h06Atualizada em 03/03/2020 14h14

O prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), afirmou que a chuva que caiu sobre a Baixada Santista durante a noite de ontem e a madrugada de hoje foi "desproporcional". O governador do São Paulo, João Doria (PSDB), lamentou as mortes de, pelo menos, dez pessoas causadas por deslizamentos de terra na região.

Em entrevista à rádio CBN, o prefeito de Santos disse que equipes de resgates trabalham para atender as ocorrências provocadas pela chuva.

"Temos mais de 70 ocorrências de deslizamentos [de terra] na cidade. Uma chuva desproporcional, bastante intensa, vem chovendo nas últimas 72 horas". afirmou. "São três ocorrências mais graves. Estamos aguardando desdobramentos. Ainda temos uma preocupação por conta da gravidade das chuvas."

Entre ontem e hoje, as cidades de Santos e Guarujá registraram, em 12 horas, a quantidade de chuva esperada para todo o mês de março, segundo a Defesa Civil de São Paulo.

De acordo com o prefeito, a cidade de Santos seguia com vias interditadas nesta manhã, o que comprometia o deslocamento da população.

Além disso, ele disse que mais de mil pessoas, entre agentes da Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e assistentes sociais, estão mobilizados par atender as pessoas afetadas pela chuva.

"Vamos ter nas próximas horas a presença do governador João Doria porque todos os municípios da Baixada precisam de apoio do governo para restabelecer a ordem nessas cidades", afirmou.

Doria lamenta mortes

O governador Doria declarou, em suas redes sociais, solidariedade aos moradores da Baixada Santista e lamentou as mortes ocorridas em decorrência da chuva.

"Minha solidariedade aos moradores da Baixada Santista que sofrem com as fortes chuvas desde ontem. Lamentavelmente, até o momento, há 9 mortos confirmados [o número subiu para dez]. Temos 1 herói do Corpo de Bombeiros entre as vítimas. A Defesa Civil, Bombeiros e PM estão dando suporte às prefeituras", escreveu.

Ouça o podcast Ficha Criminal, com as histórias dos criminosos que marcaram época no Brasil. Este e outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas de áudio.

Cotidiano