PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

No Rio, famílias que ganham até 3 salários têm gratuidade para enterros

Prefeitura vai custear os sepultamentos para as famílias que sen enquandram na renda - JOãO CARLOS GOMES/ESTADÃO CONTEÚDO
Prefeitura vai custear os sepultamentos para as famílias que sen enquandram na renda Imagem: JOãO CARLOS GOMES/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em São Paulo

07/05/2020 12h53Atualizada em 07/05/2020 13h08

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos), anunciou que as famílias que ganham até 3 salários mínimos — R$ 3.135 — vão ter os enterros de parentes custeados pela prefeitura.

As famílias devem entrar em contato com a Coordenadoria de Cemitérios do Rio, que será avaliado por um assistente social.

Crivella também disse pelo Twitter que quem recebe mais do que o valor colocado ou que tenham qualquer renda, pode pedir o sepultamento social no valor de R$ 546.

Mais cedo, na coletiva de imprensa junto com o prefeito, o secretário de Infraestrutura e habitação, Sebastião Bruno, destacou que as famílias podem solicitar a tarifa do enterro social. "Qualquer pessoa que, por ventura, venha a falecer e a família queira enterrar com sepultamento social, a prefeitura está ofertando a R$ 546 para qualquer faixa de renda".

Até ontem, segundo o balanço da Secretaria de Estado da Saúde, a capital apresentava 8.577 casos oficiais e 764 mortes por causa do coronavírus.

Coronavírus