PUBLICIDADE
Topo

SP anuncia memorial e plantará árvores em homenagem às vítimas de covid-19

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB-SP), durante coletiva de imprensa sobre a crise do coronavírus - Paulo Gueret/Agência O Dia/Estadão Conteúdo
O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB-SP), durante coletiva de imprensa sobre a crise do coronavírus Imagem: Paulo Gueret/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

05/06/2020 14h09

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), disse hoje que a cidade fará um memorial em homenagem às vítimas de covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. A ideia é plantar uma árvore no Parque do Carmo, na Zona Leste, para cada vida perdida na capital.

"Enquanto alguns governos comemoram o desmatamento e passam a mão na cabeça daqueles que promovem o desmatamento, São Paulo faz sua lembrança em relação às pessoas que estão perdendo a vida por conta da pandemia e plantando ainda mais árvores", disse o político tucano.

O Parque do Carmo, que foi inaugurado em 1976, tem 1,5 milhão de m². De acordo com dados da prefeitura, o bosque conta com cerca de 6 mil árvores, entre cerejeiras e eucaliptos.

O local também é conhecido por receber a Festa das Cerejeiras, que comemora a florada da árvore símbolo do Japão.

Coronavírus