PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês
PF prende foragido da Justiça que comandava tráfico internacional de drogas

Polícia apreendeu dois carros de luxo em propriedade em que traficante foragido estava escondido - Divulgação/Polícia Civil
Polícia apreendeu dois carros de luxo em propriedade em que traficante foragido estava escondido Imagem: Divulgação/Polícia Civil

Lucas Rezende

Colaboração para o UOL, em Vitória

01/07/2020 19h44

Usando nome falso, morando num balneário movimentado do Espírito Santo, com R$ 280 mil em espécie e dois carros de luxo na garagem. Foi assim que a Polícia Federal (PF) encontrou hoje um traficante foragido da Justiça há dois anos, acusado de envolvimento com o tráfico internacional de drogas a partir do Porto do Rio de Janeiro.

A prisão faz parte da Operação Assepsia, que contou com a participação de seis agentes federais. A PF recebeu denúncias de que o homem - que não teve o nome divulgado pelo órgão "tendo em vista o andamento das investigações" - vivia na Praia do Morro, na cidade de Guarapari, a 55 km da capital Vitória.

De lá, diz a PF, ele continuava exercendo liderança no tráfico de drogas. O foragido já havia sido condenado em decorrência da operação Aegir, que tramitou na 8ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, e investigou a remessa de cocaína para o exterior através do Porto do Rio de Janeiro.

Desencadeada em outubro de 2018, essa operação desbaratou uma organização criminosa responsável pela "contaminação" de contêineres a bordo de navios de carga, no Porto do Rio, para o envio de cocaína para a Europa. À época, um carregamento de drogas apreendido seria enviado para o porto de Antuérpia, na Bélgica.

Polícia encontrou quase R$ 300 mil em espécie com traficante - Divulgação/Polícia Federal - Divulgação/Polícia Federal
Polícia encontrou aproximadamente R$ 280 em espécie com traficante
Imagem: Divulgação/Polícia Federal

O traficante em questão respondia a processo no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e quando foi condenado deixou de se apresentar, tornando-se foragido. À reportagem, a PF informou que, contra ele, também tinha um mandado de prisão preventiva em outro processo não detalhado. E, desta vez, foram cumpridos os dois mandados.

Durante a ação no Espírito Santo, foram apreendidos dois veículos de luxo e aproximadamente R$ 280 mil em espécie. A PF disse que suspeita que a quantia e os carros são provenientes do tráfico de drogas, mas não detalhou quanto o detido ainda conseguia movimentar com o tráfico, nem para onde iriam atualmente os carregamentos de droga.

Após ser ouvido, o traficante foi encaminhado ao Complexo Penitenciário de Viana, a 38 km de onde foi encontrado pelos agentes federais.

Cotidiano