PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Curitiba interdita estabelecimentos por descumprimento de decreto

24.jun.2020 - Movimento nas ruas de Curitiba durante a pandemia do novo coronavírus  - Rodolfo Buhrer / Estadão Conteúdo
24.jun.2020 - Movimento nas ruas de Curitiba durante a pandemia do novo coronavírus Imagem: Rodolfo Buhrer / Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

07/07/2020 08h44

Durante o último final de semana até a manhã de ontem, equipes da Prefeitura de Curitiba atuaram em diferentes bairros da cidade para coibir excessos e assegurar que comércios e população obedeçam às medidas sanitárias de saúde previstas em decretos municipais e estaduais. Ao todo, foram realizadas 460 fiscalizações e em 30,6% delas foram encontradas irregularidades.

Das 141 infrações verificadas, 51 foram interdições de estabelecimentos baseadas no decreto estadual que restringe as atividades comerciais durante a pandemia do novo coronavírus.

Seguindo denúncias da própria população, as vistorias aconteceram em bares, lanchonetes, restaurantes, lojas, postos de gasolina, supermercados e outras dezenas de estabelecimentos.

As fiscalizações foram realizadas pelas equipes da Secretaria Municipal do Urbanismo, Guarda Municipal, Vigilância Sanitária, além de duas Ações Integradas de Fiscalização Urbana (Aifu) com a participação da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.

"Estamos em um momento crítico e precisamos do apoio incondicional de toda a população para diminuir a circulação das pessoas, tanto nos estabelecimentos quanto na rua", disse o secretário municipal do Urbanismo de Curitiba, Júlio Mazza.

Na última quarta-feira (1), passaram a valer no Paraná medidas mais restritivas no combate ao novo coronavírus. Com o aumento de casos e mortes no último mês, o governador Ratinho Junior (PSD-PR) decretou a suspensão de atividades não essenciais em sete regiões do estado, incluindo Curitiba e região.

Coronavírus