PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
15 dias

Policial morre após cair de helicóptero durante treinamento em SP

Imagem de helicóptero da PM de SP - Divulgação/PM-SP
Imagem de helicóptero da PM de SP Imagem: Divulgação/PM-SP

Maurício Dehò

Do UOL, em São Paulo

16/07/2020 12h21

Resumo da notícia

  • Um policial militar morreu após cair de um helicóptero da corporação hoje
  • O caso aconteceu em um aeródromo no município de Álvares Machado, interior de São Paulo
  • O cabo de 43 anos foi levado ao Hospital Regional de Presidente Prudente e não resistiu
  • Segundo a PM, ele caiu de uma altura de oito a dez metros

Um policial militar morreu após cair de um helicóptero da corporação durante um treinamento. O caso aconteceu hoje em um aeródromo, no município de Álvares Machado, no interior de São Paulo. Ele morreu depois de ser levado a um hospital da região em estado grave.

Segundo a PM, o caso aconteceu por volta de 10h30, e o cabo de 43 anos foi levado para o HR (Hospital Regional) de Presidente Prudente.

"O Hospital informa que o paciente em questão deu entrada no pronto-socorro da unidade e recebeu todos os cuidados da equipe médica e multiprofissional. Porém, seu quadro evoluiu a óbito às 11h40", informou o HR, em nota.

O policial participava de um treinamento conjunto entre a Força Tática do 32º Batalhão da Polícia Militar do Interior (BPM/I), de Assis (SP), e o Grupamento Aéreo na região. Ele teria se desequilibrado do helicóptero.

A queda foi de cerca de oito a dez metros de altura, e será aberto um inquérito para investigar o ocorrido.

Confira a nota da PM:

"A Polícia Militar esclarece que nesta quinta-feira, 16, por volta das 10h30 um Cabo da Polícia Militar caiu de um helicóptero Águia do Comando de Aviação, da Base de Presidente Prudente, durante um treinamento conjunto entre o Comando de Aviação e policiais da Força Tática do 32º Batalhão de Polícia Militar do Interior. O acidente aconteceu na cidade de Alvares Machado. O policial caiu de uma altura de cerca de oito a dez metros. Ele foi socorrido em estado grave para o Hospital Regional de Presidente Prudente.

Todas as providências para apurar o caso estão sendo adotadas pela Polícia Militar, bem como as investigações aeronáuticas pelo órgão responsável."

Cotidiano