PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
15 dias
Homem com covid e tuberculose usa auxílio emergencial para comprar revólver

Arma comprada com dinheiro do auxílio emergencial por suspeito em Maceió - Divulgação
Arma comprada com dinheiro do auxílio emergencial por suspeito em Maceió Imagem: Divulgação

Josué Seixas

Colaboração para o UOL, em Maceió

25/09/2020 08h35

Um homem de 27 anos preso em flagrante em Maceió na quarta-feira por porte ilegal de arma de fogo afirmou que economizou R$ 1.800 que recebeu do auxílio emergencial para comprar um revólver calibre .38 e munição. O objetivo do suspeito, que não teve o nome divulgado, era praticar assaltos.

Depois, quando foi levado à Central de Flagrantes em Maceió, ele disse que estava com tuberculose e covid-19, duas doenças de transmissão pelo ar e de fácil contágio. As informações foram confirmadas aos policiais pela mãe do suspeito, que levou os exames à delegacia. O homem foi mantido em uma cela isolado para evitar o risco de contaminação.

O Batalhão de Rádio Patrulha (BPRP) encontrou o revólver na casa do suspeito. Quando foi abordado pelos policiais, o homem confirmou que estava de posse do revólver calibre .38. A casa foi revistada e a arma apreendida. Após isso, houve verificação dos antecedentes criminais do suspeito e foi constatado que o ele era foragido do sistema prisional de Pernambuco e possuía dois mandados de prisão em seu nome.

Foi somente à Polícia Civil que o suspeito informou que havia juntado o dinheiro do auxílio emergencial para comprar o revólver a fim de cometer assaltos. Na confissão, ele também informou que estava doente.

Cotidiano