Topo

Conteúdo publicado há
15 dias
Menina de 4 anos morre ao ser atingida por raio em praia do RJ

Marcela Lemos

Colaboração para o UOL, no Rio

29/10/2020 10h53

Uma menina de 4 anos morreu ontem ao ser atingida por um raio na praia da Boca da Barra, em Rio das Ostras - cidade do do estado do Rio de Janeiro. A criança estava acompanhada da avó e da irmã mais velha. Elas brincavam na areia quando a criança foi atingida.

Segundo a prefeitura, o caso ocorreu às 15h30. A menina chegou a ser socorrida no local e posteriormente levada para uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento), mas chegou ao local já sem vida. A menina foi identificada como Maria Félix e foi enterrada na tarde de hoje.

Além dela, um homem, Pedro A. Maciel, de 36 anos, também foi atingido por uma descarga elétrica nas proximidades. Ele foi socorrido para UPA de Rio das Ostras, onde foi atendimento e medicado. Ele relatou apenas ter sentido um choque. O paciente teve alta da unidade na manhã de hoje.

O funcionário de um restaurante próximo, Augusto Souza, disse que outras pessoas estavam na praia no momento que a menina foi atingida.

"O céu tava bem preto, mas não estava chovendo ainda naquela hora. Tinham outras pessoas na areia. Foi um dia quente. De repente, a menina caiu, teve correria, quem tava ali tentou ajudar como podia, mas não deu. Muito triste. Só depois que a chuva caiu pra valer", afirmou ele.

O UOL conversou com o professor de meteorologia da Uerj (Universidade do Estado do Rio de Janeiro), Lucio Silva, que explicou que a queda de raios não tem relação com a água do mar, mas sim com áreas descampadas.

"Em tempestade com raio, o último lugar que você deve ficar é um local descampado. Não tem relação com areia, com água, tem relação com o local aberto. Em um espaço descampado, o caminho mais curto entre a atmosfera e chão, é a cabeça da pessoa. Não se deve ficar debaixo de árvores também, deve-se procurar abrigo edificado, carro ou ônibus - esses são os locais mais seguros, pois são isolados", explicou o professor.

Segundo dados do Elate/Inpe (Grupo de Eletricidade Atmosférica do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) enviados à reportagem, a cidade de Rio das Ostras foi atingida por dois raios nuvem-solo — ou seja, raios que chegaram ao solo — e outros cinco raios intra-nuvem no período de 12h às 16h. Somente em 2020, o estado do Rio registrou a incidência de 390 mil raios.

De acordo um levantamento enviado ao UOL, entre 2019 e 2020 foram contabilizadas 46 mortes em decorrência de raios no estado - 91% das vítimas eram do sexo masculino e 84% dos óbitos ocorreram em locais ao ar livre. A maioria dos casos (67%) ocorreu no verão.

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Menina de 4 anos morre ao ser atingida por raio em praia do RJ - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL

Cotidiano