PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
2 meses
Prédio da Associação Paulista de Imprensa é invadido e furtado

Prédio da Associação Paulista de Imprensa foi invadido e furtado; criminosos arrancaram quadros da parede - Reprodução/TV Globo
Prédio da Associação Paulista de Imprensa foi invadido e furtado; criminosos arrancaram quadros da parede Imagem: Reprodução/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

09/11/2020 11h05

A sede da API (Associação Paulista de Imprensa) e do jornal Diário Popular IPTV, no centro de São Paulo, foi invadida por criminosos e furtada na madrugada de ontem.

Imagens da TV Globo mostraram que o grupo revirou armários, gavetas e quadros foram arrancados das paredes.

Sérgio Redó, presidente da API, disse que equipamentos eletrônicos foram roubados e crê que a ação foi planejada. O prejuízo estimado é de R$ 300 mil.

"É uma ofensa, uma violência à imprensa porque eles entraram, pegaram todas as nossas fichas dos nossos associados, inclusive pisaram, rasgaram", disse ele à emissora.

Segundo informações da SSP (Secretaria de Segurança Pública), policiais militares foram acionados para uma ocorrência de furto e, no local, constataram que criminosos, até o momento não identificados, entraram no prédio e arrombaram salas de diversos andares do estabelecimento.

Uma mulher, de 37 anos, que trabalha no local, informou que chegou no prédio, e viu um dos responsáveis pela invasão.

Os autores ainda deixaram no prédio uma furadeira, um pé de cabra e uma chave de fenda, que foram usados para o arrombamento. Os objetos foram apreendidos.

Foi solicitada perícia no local. O caso foi registrado como furto qualificado pelo 8°DP e foi encaminhado ao 01° DP para continuidade nas investigações.

Cotidiano