PUBLICIDADE
Topo

Segurança pública

Rio: Filha de Elias Maluco é presa em flagrante por tráfico de drogas

No local onde a filha de Elias Maluco foi detida, os agentes descobriram um laboratório caseiro de produção da droga skank - Divulgação/Polícia Civil do Rio de Janeiro
No local onde a filha de Elias Maluco foi detida, os agentes descobriram um laboratório caseiro de produção da droga skank Imagem: Divulgação/Polícia Civil do Rio de Janeiro

Do UOL, em São Paulo

01/12/2020 20h44

A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu, na tarde de hoje, a filha do traficante Elias Maluco. Ela e outro comparsa foram detidos em flagrante por tráfico de drogas na Estrada do Capenha, em Jacarepaguá.

No local onde os dois foram detidos, a polícia encontrou um laboratório caseiro de skank, droga feita com cannabis e de maior concentração de psicoativos. A dupla foi encaminhada para o 56ª Distrito Policial de Comendador Soares, em Nova Iguaçu.

Os nomes dos detidos não foram divulgados pela polícia. Segundo o titular da 56ª DP, delegado Mário Omena, eles não têm emprego e não estudam, se sustentando sem declarar a renda.

O delegado afirmou que a droga é de alto custo e justificaria tanto o investimento feito pela dupla nos equipamentos encontrados no local, quanto o fato de conseguirem se sustentar sem um trabalho legal.

A Polícia Civil divulgou que as investigações iniciaram após agentes descobrirem a venda da droga na região de Comendador Soares.

Considerado um dos principais traficantes de drogas do Rio, Elias Pereira da Silva, conhecido como Elias Maluco, foi encontrado morto no dia 22 de setembro em sua cela na Penitenciária Federal em Catanduvas, região oeste do Paraná. O atestado de óbito, ao qual o UOL teve acesso, indicou que ele morreu em decorrência de asfixia mecânica, enforcamento e compressão do pescoço.

Elias foi condenado 28 anos e seis meses de prisão por ter sido o mandante do assassinado do jornalista Tim Lopes, em 2002.

Segurança pública