PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Filhote de macaco-prego é encontrado abraçado à mãe após atropelamento

Macaco-prego está sob os cuidados do Zoológico de Cascavel - Divulgação
Macaco-prego está sob os cuidados do Zoológico de Cascavel Imagem: Divulgação

Jean Sfakianakis

Colaboração para o UOL, em São Paulo

04/12/2020 12h07

Um macaco-prego foi encontrado abraçado à sua mãe, na Rua Bom Jesus, em Cascavel (PR), na quinta-feira (3), por volta das 14h, em região de mata fechada, após um atropelamento. Os animais foram achados na via, mas a macaca não sobreviveu.

Segundo informações, o motorista estava em alta velocidade e não acionou o farol para sinalizar a presença do veículo aos macacos. O resgate foi feito pela Guarda Municipal e encaminhado ao Zoológico de Cascavel, que encontrou o mamífero abraçado junto ao corpo da mãe.

Macaco tem aproximadamente 15 dias de vida - Divulgação - Divulgação
Macaco tem aproximadamente 15 dias de vida
Imagem: Divulgação

O macaco, com cerca de quinze dias de vida, segundo Rodrigo Neca Ribeiro, gerente de vida silvestre e veterinário do Zoológico de Cascavel, está sob os cuidados da equipe veterinária. "Nessa fase o animal é totalmente dependente da mãe. Ele já esta com os cuidados do zoo, com suplementação vitamínica e precisando ser amamentado a cada duas horas", diz Ribeiro.

Ele ainda avisa o animal deve viver em cativeiro para o resto da vida por conta da dificuldade de adaptação à selva. "Por ser um animal jovem é muito difícil de ser reintroduzido na vida animal e deve viver em cativeiro. Muitas pessoas criticam a existência do zoo nesse sentido, mas é fundamental para a sobrevivência do macaco", disse o veterinário.

A expectativa é que o animal se recupere e seja inserido ao convívio dos demais animais do zoo.

Filhote não deve ser reinserido à selva, segundo veterinário - Divulgação - Divulgação
Filhote não deve ser reinserido à selva, segundo veterinário
Imagem: Divulgação

Cotidiano