PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Brumadinho: desabamento em local próximo a área de buscas deixa um morto

Trabalho de resgate dos bombeiros a uma vítima soterrada em Brumadinho (MG) - Divulgação/CBMMG
Trabalho de resgate dos bombeiros a uma vítima soterrada em Brumadinho (MG) Imagem: Divulgação/CBMMG

Do UOL, em São Paulo

18/12/2020 18h33Atualizada em 18/12/2020 19h09

Uma pessoa morreu na tarde de hoje no Córrego do Feijão, que fica no município de Brumadinho, em Minas Gerais. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a região da ocorrência é de operação da empresa Vale, mas a vítima é um funcionário de uma empresa terceirizada.

De acordo com a corporação, o material que cedeu sobre a escavadeira é composto principalmente por terra e pedras de minérios de ferro. O peso rompeu a estrutura da cabine onde estava o operador e invadiu o local, provocando a morte do trabalhador.

O acidente ocorreu em uma área utilizada para descartes de material e não no local da operação de buscas de vítimas do rompimento da barragem em Brumadinho, ocorrida em janeiro de 2019. O funcionário que foi soterrado é um operador que trabalha na mina Córrego do Feijão e sua identidade ainda não foi identificada.

O Corpo de Bombeiros deslocou cinco viaturas para auxiliar no resgate, e a área foi isolada após funcionários da Vale tentarem ajudar na busca da vítima. De acordo com as últimas informações, os bombeiros já haviam conseguido acesso parcial à estrutura da escavadeira e aguardavam a chegada de uma nova viatura para auxiliar na retirada da terra sobre a estrutura.

Buscas por vítimas seguem em Brumadinho

O CBMMG (Corpo de Bombeiros de Minas Gerais) retomou em agosto as buscas por 11 vítimas do rompimento da barragem da Vale na cidade de Brumadinho, que aconteceu em 25 de janeiro de 2019.

Das 270 vítimas, 259 corpos já foram recuperados. As buscas chegaram a ser paralisadas por alguns meses por conta da pandemia da covid-19. Os trabalhos dos bombeiros foram retomados seguindo todos os protocolos de segurança.

Cotidiano