PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Bombeiros resgatam mulher que tentava se afogar em brejo com sucuri no Acre

Bombeiros mergulharam no esgoto para salvar mulher - Divulgação/Corpo de Bombeiros
Bombeiros mergulharam no esgoto para salvar mulher Imagem: Divulgação/Corpo de Bombeiros

Jean Sfakianakis

Colaboração para o UOL, em São Paulo

20/01/2021 16h11

O Corpo de Bombeiros de Brasiléia, município localizado no Estado do Acre, evitou ontem que Elenice Regina Souza, de 47 anos, se afogasse em um brejo onde desemboca o esgoto da cidade e vivem animais.

Os militares receberam uma denúncia por volta das 16h e se locomoveram para salvar a vítima. Ao UOL, o Sargento Tcheddery disse que a mulher tem deficiência mental e não queria sair do local durante a operação. Ainda assim, ele e mais três bombeiros nadaram para resgatar Elenice.

"Recebemos uma denúncia de que a mulher estaria se afogando. Ela é doente mental. Nadamos até o local, mas ela não queria sair. Estava transtornada", falou o comandante.

Além da poluição no brejo devido sua concentração de resíduos, o militar disse que ali vivem duas cobras da espécie sucuri que "não têm mais para onde crescer". "Lá tem uma sucuri que não tem mais para onde crescer. Ela estava correndo muito de risco de até um jacaré pegar ela", contou.

Elenice está sedada no Hospital Regional do Alto Acre e depois será encaminhada para o hospital psiquiátrico da capital acreana.

Cotidiano