PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Operação de combate à violência contra a mulher ocorre nos 26 estados e DF

No Paraná, agentes cumpriram mandados na Operação Resguardo - Divulgação/Polícia Civil do Paraná
No Paraná, agentes cumpriram mandados na Operação Resguardo Imagem: Divulgação/Polícia Civil do Paraná

Colaboração para o UOL, em Florianópolis

08/03/2021 08h38

Uma megaoperação foi realizada ao longo na manhã de hoje nos 26 estados e o Distrito Federal. A ação visa combater crimes de violência contra a mulher, em alusão ao Dia Internacional da Mulher. A coordenação é do Ministério da Justiça e Segurança Pública em parceria com as Polícias Civis dos 26 estados e Distrito Federal.

Ao todo, segundo a pasta, foram empregados na megaoperação cinco mil agentes policiais civis. Chamada de "Operação Resguardo", o Ministério da Justiça informou que a ação ocorre desde 1º de janeiro. Neste período, somam as prisões de quase 9,1 mil pessoas, contabilizando mandados preventivos e detenções em flagrante. Além disso, as polícias apuraram 45 mil denúncias e atenderam 168 mil vítimas atendidas.

"Foi uma força extraordinária, demonstrando uma carência que anteriormente existia, mas que não vamos deixar que aconteça mais. Queremos transformar ações de violência contra a mulher como rotineiras", disse o secretário de Operações Integradas do MJSP, Jeferson Lisbôa, e, entrevista coletiva na manhã de hoje.

Em Goiás, armas e munições foram apreendidas com suspeitos  - Divulgação/Polícia Civil de Goiás - Divulgação/Polícia Civil de Goiás
Em Goiás, armas e munições foram apreendidas com suspeitos
Imagem: Divulgação/Polícia Civil de Goiás

A Polícia Civil do Paraná informou que somente no estado, foram apuradas 1,5 mil denúncias, que culminaram com a instauração de 1.312 inquéritos policiais, 36 mandados de prisão, 83 cumprimentos de mandados judiciais, com atendimento de mais de 4 mil mulheres vítimas de violência.

Já a Polícia Civil de Santa Catarina contabilizou ter realizado 5.677 atendimentos, 2.797 procedimentos policiais, 290 prisões/apreensões e o cumprimento de 1.573 mandados em todo o Estado. Em Goiás, armas e munições foram apreendidas com suspeitos.

Cotidiano