PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
15 dias

Polícia prende chefe do PCC que fugiu após quebrar tornozeleira eletrônica

Chefe do PCC no Paraná foi localizado em um restaurante de luxo - PMPR/Divulgação
Chefe do PCC no Paraná foi localizado em um restaurante de luxo Imagem: PMPR/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

13/04/2021 12h08

A PM-PR (Polícia Militar do Paraná) prendeu ontem, em Curitiba, um homem apontado como chefe do PCC (Primeiro Comando da Capital) do Paraná que estava foragido há quase um ano depois de quebrar uma tornozeleira eletrônica.

Hipertenso, Valacir de Alencar foi beneficiado com a prisão domiciliar em 17 de abril por estar em um grupo de risco do novo coronavírus. Porém, no mesmo dia em que deixou a PEP (Penitenciária Estadual de Piraquara), o Departamento Penitenciário do Paraná detectou a quebra da tornozeleira, e ele passou a ser considerado fugitivo.

Condenado a 76 anos por tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e porte de arma, Valacir foi localizado em um restaurante de luxo pelos policiais militares do Setor de Inteligência e do 12º Batalhão do Paraná.

Segundo a PM, ele portava uma pistola de calibre 9mm, 37 munições, um carregador, um colete balístico, um documento falso e uma peruca para ajudar no disfarce.

Em julho de 2019, Valacir de Alencar já havia fugido da penitenciária de Piraquara, mas foi recapturado dois meses depois. À época, com corda feita de lençóis, o traficante escalou o muro e fugiu da prisão.

Cotidiano