Topo

Polícia flagra jogadores Arboleda e David Neres em festa clandestina em SP

Lucas Borges Teixeira

Do UOL, em São Paulo

28/05/2021 03h15Atualizada em 28/05/2021 10h44

Os jogadores de futebol Robert Arboleda, do São Paulo, e David Neres, do Ajax (Holanda), foram flagrados pela Polícia Civil em uma festa clandestina na zona leste de São Paulo na madrugada de hoje. Após encerrar o evento, ambos foram conduzidos à Delegacia de Crime contra a Saúde Pública.

Quando o comboio policial chegou ao local, em um beco na Vila Regente Feijó, por volta das 2h, havia 124 pessoas na festa, grande parte sem máscara. Atualmente, casas de eventos e shows não podem de funcionar após as 21h e aglomerações de qualquer tipo são proibidas.

A operação foi comandada pelo delegado Eduardo Brotero e pelo deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP), coordenador da Força Tarefa no Combate a Festas Clandestinas. Ambos já sabiam não só da festa como da presença dos jogadores por causa de agentes infiltrados em grupos do WhatsApp e de eventos em redes sociais.

"A gente encontrou aí dois jogadores de futebol. Arboleda, do São Paulo, e David Neres, da seleção brasileira que joga no Ajax. Deveriam dar o exemplo", declarou Frota, ao sair da boate.

Com a chegada da polícia, a festa foi encerrada e quase todos os presentes, liberados. Ficaram detidos os representantes da casa e os dois jogadores foram encaminhados à delegacia na mesma viatura por volta das 3h10. Os dois já foram liberados.

Eles foram os últimos clientes a sair, tentando evitar a imprensa. Nenhum dos dois quis falar.

Jogadores Arboleda e David Neres são encaminhados à delegacia após serem flagrados em festa clandestina em SP Imagem: Lucas Borges Teixeira/UOL

Aglomerações são proibidas em todas as fases do Plano São Paulo. Em caso de festas clandestinas, os organizadores dos eventos são detidos e multados em até R$ 290 mil.

De acordo com a SSP-SP (Secretaria de Segurança Pública de São Paulo), em três meses, desde o final de fevereiro, as polícias Civil e Militar participaram de pouco mais de 4.500 operações no estado. Quase 10 mil pessoas foram detidas.

"Lamentamos que ainda seja necessário fazer este tipo de intervenção. Em um momento como este na pandemia, jovens ainda insistirem em aglomerar. Já falamos: espera alguns meses e você poderá curtir sua festa. Agora não é o momento", declarou Brotero.

Números da pandemia

O Brasil registrou hoje 2.130 novas mortes por covid-19 e pela primeira vez em 76 dias teve uma média móvel diária de mortes abaixo de 1.800. Os dados são obtidos pelo consórcio de veículos de imprensa, do qual o UOL faz parte, junto às secretarias estaduais de saúde.

Ao todo, o país já acumula 456.753 óbitos pela doença desde o início da pandemia. Desde as 20h de ontem foram contabilizados 65.672 novos casos de infecções pelo coronavírus. Com isso, o total de diagnósticos é de 16.341.112.

Caso Gabigol

No mês de março o atacante Gabigol do Flamengo e o cantor MC Gui foram detidos ao serem flagrados em um cassino no bairro da Vila Olímpia, zona sul de São Paulo. Os dois foram levados para a delegacia com outras 150 pessoas. Eles assinaram um termo se comprometendo a prestar depoimento futuramente e foram liberados na sequência.

Gabigol aceitou um acordo para pagar 100 salários mínimos, e teve que desembolsar o equivalente a cerca de R$ 110 mil a Justiça de São Paulo.

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Polícia flagra jogadores Arboleda e David Neres em festa clandestina em SP - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL

Coronavírus