PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
2 meses

Mulher é feita refém durante assalto em Angra dos Reis, e criminoso é morto

Daniele Dutra

Colaboração para o UOL, no Rio de Janeiro

07/07/2021 13h35Atualizada em 07/07/2021 14h03

Uma mulher foi feita refém durante uma tentativa de assalto a uma loja de telefonia em Angra dos Reis (RJ), na manhã de hoje. A funcionária do estabelecimento, Vitória Oliveira, foi levada por um dos assaltantes para a rua durante a chegada da polícia e ficou sob a mira de uma pistola 9mm. O homem foi morto por um policial civil que passava pelo local, segundo as autoridades.

Em vídeos feitos por pessoas que presenciaram o incidente, o criminoso fica com uma arma apontada para a vítima enquanto é cercado por policiais militares. Minutos depois, os agentes atiram nele. A funcionária foi vista sendo abraçada por um policial, enquanto o assaltante, baleado, não resistiu ao ferimento.

Em nota, a Polícia Militar informou que o 33º BPM de Angra dos Reis prendeu outros dois suspeitos, que se entregaram, e a vítima foi liberada sem ferimentos. Uma arma foi apreendida. Um terceiro criminoso fugiu.

O Delegado João Bicudo, da 166 DP, responsável pelo caso, informou que um policial de folga percebeu a ação: "A Polícia Militar se dirigiu ao local, mas na chegada, um dos criminosos sequestrou uma funcionária e começou a caminhar pela rua. Um policial Civil, que estava de folga, percebeu a cena e ficou de prontidão, se misturando aos populares. Como a situação ficou cada vez mais tensa, esse agente esperou o melhor momento para agir e conseguiu neutralizar o criminoso".

'Foi difícil', desabafa funcionária

Nas redes sociais, Vitória Oliveira informou que estava bem e se mostrou agradecida: "Quero agradecer a todos pela preocupação e carinho. Estou bem, graças a Deus! No momento não estou podendo falar, mas assim que as coisas se acalmarem, eu irei responder um por um. Obrigada a todos", escreveu.

Em um vídeo também nas redes sociais ela disse que o momento "foi muito, muito, muito difícil. Graças a Deus não aconteceu nada pior. Poderia ter sido muito pior, mas não. Eu tô bem", disse ela.

Vitória Oliveira  - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Vitória Oliveira foi feita refém durante um assalto hoje em Angra dos Reis e usou as redes sociais para dizer que estava bem
Imagem: Reprodução/Instagram

Cotidiano