PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Filho é suspeito em morte de idosa de 80 anos; casa tinha fezes e cão morto

Mulher foi vítima de maus-tratos no Distrito Federal - Divulgação/Pixabay
Mulher foi vítima de maus-tratos no Distrito Federal Imagem: Divulgação/Pixabay

Guilherme Machado

Colaboração para o UOL, em São Paulo

30/07/2021 16h08

Um homem foi preso na região do Sudoeste-DF suspeito de ter causado maus-tratos que levaram à morte de sua própria mãe, que tinha 80 anos. Segundo a Polícia Civil, ele, que não teve a identidade divulgada, também foi autuado por possuir munição para armas em sua residência.

"Segundo a investigação, a vítima, uma alemã naturalizada brasileira, foi hospitalizada na tarde de quarta-feira (28), em estado grave, por possíveis ações de maus tratos. Ela estava bastante debilitada, com escaras pelo corpo, desnutrida e inconsciente. Os policiais compareceram ao hospital e verificaram que o estado de saúde da vítima era bastante grave e compatível com maus tratos. Em razão disso, foram iniciadas diligências com o intuito de localizar o filho da vítima, que residia com a mãe e era o único familiar conhecido. Após diversas diligências, ele foi localizado e preso em flagrante", explica a polícia.

As autoridades relataram ainda que a casa dos dois estava repleta de lixo acumulado, além de fezes e urina no colchão onde a vítima dormia. Foi também encontrado um cachorro morto na residência.

"No local foram localizadas munições de calibres .380 e .38, razão pela qual o indivíduo foi preso em flagrante pela prática dos crimes de maus tratos com resultado morte, cuja pena é de 4 a 12 anos de reclusão, e por posse irregular de munição, com pena de 1 a 3 anos de reclusão", complementa a polícia.

O homem segue detido.

Cotidiano