PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
2 meses

Garoto de 14 anos mata pai para salvar a mãe em condomínio de luxo de SP

Empresário foi morto a tiros por filho de 14 anos em condomínio de luxo em Valinhos - Reprodução/ EPTV
Empresário foi morto a tiros por filho de 14 anos em condomínio de luxo em Valinhos Imagem: Reprodução/ EPTV

Simone Machado

Colaboração para o UOL, em São José do Rio Preto (SP)

03/08/2021 19h44Atualizada em 03/08/2021 22h48

Um adolescente de 14 anos matou o pai a tiros, na tarde de hoje, em Valinhos, município a 90 km de São Paulo. O garoto teria atirado para defender a mãe que estava sendo agredida pelo homem, segundo a Polícia Civil. A vítima é um empresário do ramo de som automotivo.

Por volta das 14 horas, a Polícia Militar foi chamada pelo adolescente para atender uma ocorrência de violência doméstica em um condomínio de luxo, no bairro Joapiranga. Chegando ao local, os policiais encontraram o homem caído na garagem do imóvel. O Corpo de Bombeiros foi chamado, mas o empresário morreu no local antes da chegada do socorro.

Em conversa com os policiais, o adolescente relatou que atirou no pai para defender a mãe que estava sendo agredida pelo homem. O garoto teria relatado ainda que os episódios de violência doméstica contra a mãe e contra ele seriam frequentes. Outro filho do casal, de três anos, também mora na casa.

A arma usada no crime pertencia ao empresário. No imóvel, a polícia encontrou oito armas, entre elas um fuzil e uma submetralhadora, além de diversas munições.

A ocorrência está sendo registrada na delegacia de Valinhos. O adolescente e a mãe estão sendo ouvidos pela Polícia Civil.

Cotidiano