PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Secretário de Saúde da Bahia pede demissão após chamar chef de 'vagabunda'

Fábio Vilas-Boas, secretário de Saúde da Bahia - Reprodução/TV Bahia
Fábio Vilas-Boas, secretário de Saúde da Bahia Imagem: Reprodução/TV Bahia

Colaboração para o UOL

03/08/2021 19h35

O secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, pediu demissão hoje após ser acusado de xingar uma chef de cozinha de "vagabunda". O caso ocorreu no último domingo (1º), na Ilha dos Frades, em Salvador.

"Entreguei, agora à tarde, minha carta com pedido de exoneração do cargo de secretário estadual de Saúde, que ocupava desde janeiro de 2015", escreveu Vilas-Boas no Twitter. "A solicitação foi aceita pelo governador Rui Costa."

Ele ainda agradeceu a "confiança do governador" que lhe deu oportunidade de "contribuir para uma verdadeira revolução na saúde" do estado.

'Paguei 350 reais pra desembarcar'

No domingo (1º), a chef de cozinha Angeluci Figueiredo, do restaurante Preta, na Ilha dos Frades, em Salvador, afirmou que foi xingada de "vagabunda" por Vilas-Boas em uma mensagem no Whatsapp. O insulto teria ocorrido porque o restaurante precisou cancelar a reserva do então secretário devido às condições do clima que impediam o acesso ao local.

"Esqueça me ver de novo aqui. E ainda paguei 350 reais pra desembarcar. Amigo o caralho! Vagabunda", escreveu Vilas-Boas, segundo print da conversa divulgado pela chef.

Angeluci relatou que a Capitania dos Portos recomendou a restrição de navegação em todo o entorno, incluindo, a Ilha dos Frades, onde fica o restaurante. O motivo seria a instabilidade do tempo, das variações do vento e da navegabilidade na Baía de Todos os Santos,

"Em virtude dessa decisão, o restaurante foi fechado, já que não haveria como os clientes das reservas chegarem à ilha e até mesmo como os funcionários se deslocarem em pequenas embarcações até o restaurante, sem correr riscos de acidente", explicou ela, em nota.

Cotidiano