PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

PRF inicia capacitação e testes com drogômetros nas rodovias federais

Resultados saem entre 5 e 10 minutos após coleta - Reprodução/Polícia Rodoviária Federal
Resultados saem entre 5 e 10 minutos após coleta Imagem: Reprodução/Polícia Rodoviária Federal

Colaboração para o UOL

04/08/2021 14h20

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) iniciou ontem a capacitação de policiais para dar início aos testes com os drogômetros nas rodovias federais. O equipamento tem a função de detectar o uso recente de substâncias psicoativas, como cocaína, maconha, anfetaminas e outras.

Os agentes estão sendo treinados pela equipe do hospital das Clínicas de Porto Alegre, por meio do Centro de Pesquisa em Álcool e Drogas. Nele, os policiais vão aprender a coletar amostras usando os aparelhos até a próxima sexta-feira (6).

Após os testes, serão definidos os requisitos técnico-científicos para homologação dos equipamentos e uso definitivo.

Os drogômetros são portáteis e utilizam amostras de fluído oral. Os resultados saem entre 5 e 10 minutos após a coleta.

Inicialmente, amostras positivas não vão configurar infração legal, já que os aparelhos ainda não têm homologação para fiscalização. Por isso, os testes serão feitos com motoristas voluntários. Aqueles que apresentarem alterações psicomotoras serão fiscalizados conforme a legislação em vigor.

Após os procedimentos legais, como realização de bafômetro ou recusa, auto de infração e prisão, se for o caso, essas pessoas serão chamadas a participar da pesquisa.

"Todas as amostras que tiverem o resultado positivo - e uma fração das negativas - serão armazenadas em freezers específicos, já fornecidos pelo MJSP, sendo transportados para análise em laboratório posteriormente", informa o Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Cotidiano