PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Chuva causa queda de árvore e destelhamento de comércios em Pirassununga

10.out.21 - Chuva forte com granizo causa estragos na cidade de Pirassununga, no interior de SP - Redes sociais
10.out.21 - Chuva forte com granizo causa estragos na cidade de Pirassununga, no interior de SP Imagem: Redes sociais

Do UOL, em São Paulo

10/10/2021 15h18Atualizada em 11/10/2021 16h08

Uma chuva forte de granizo atingiu ontem a cidade de Pirassununga, no interior de São Paulo. O temporal deixou estabelecimentos comerciais destelhados e provocou a queda de árvores. Parte da cidade ficou sem energia elétrica.

Nas redes sociais, a Prefeitura de Pirassununga pediu aos moradores "cautela nesse momento difícil" e que apenas procurem atendimento na Santa Casa em caso de extrema necessidade, evitando sobrecarregar o atendimento do hospital, danificado após a chuva de ontem.

O temporal também causou enchentes e deixou a cidade sem energia e sinal de celular, segundo relatos de moradores nas redes sociais. A estrutura de um posto de gasolina desabou, esmagando carros e motos que estavam no local.

09.out.21 - Chuva forte causa estragos na cidade de Pirassununga, no interior de SP - Redes sociais - Redes sociais
Imagem: Redes sociais

A rodoviária de Pirassununga e supermercados também sofreram danos após o temporal. Segundo a Defesa Civil, a chuva foi "causada por ventos em altos níveis de atmosfera que organizaram a umidade na região e, somada com as temperaturas, criaram essas fortes precipitações".

Foram 35 milímetros de chuva, afirmou a Defesa Civil. As rajadas de vento ficaram em torno de 80 a 85 km/h.

'Caos'

Moradores relataram nas redes sociais como foi a tempestade em Pirassununga, que destruiu postos de gasolinas, supermercados, derrubou árvores e danificou a fiação elétrica.

A previsão é de que chuvas intensas continuem atingindo grande parte do estado de São Paulo até segunda-feira (11), informou a Defesa Civil.

Cotidiano