PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Homem é preso por passar mão no corpo de mulher que segurava faixa em rua

Mulher trabalhava segurando faixa em via de Apucarana quando foi assediada por homem  - Reprodução/Redes Sociais
Mulher trabalhava segurando faixa em via de Apucarana quando foi assediada por homem Imagem: Reprodução/Redes Sociais

Do UOL, em São Paulo

24/11/2021 22h35Atualizada em 25/11/2021 09h03

Uma mulher foi vítima de importunação sexual enquanto trabalhava segurando uma faixa na Avenida Curitiba, em Apucarana (PR). O caso foi registrado por câmeras de segurança na segunda-feira (22), quando a moça, que não foi identificada, segurava uma propaganda junto a uma colega.

O investigado então se aproxima e passa a mão em seus glúteos. Imediatamente a mulher reage saindo de sua posição e batendo no homem com a faixa. Logo em seguida, ela acionou a Polícia Militar, que localizou o suspeito em um comércio da região, com sinais de embriaguez, segundo a Polícia Civil do Paraná.

O homem, que também não sua identidade divulgada pela assessoria da Polícia Civil, foi detido em flagrante. Em entrevista coletiva concedida hoje, o delegado Marcus Felipe afirmou que ele chegou a receber um alvará de soltura da Justiça do estado, mas, pouco depois, teve a prisão preventiva decretada, sendo recapturado e encaminhado ao presídio de Apucarana.

O suspeito foi indiciado por importunação sexual, com pena prevista de 1 a 5 anos de prisão. O termo "importunação sexual" corresponde a qualquer prática de cunho sexual feita sem o consentimento da vítima, com o objetivo de satisfazer o próprio desejo ou o de terceiros, segundo definição disponível no site do Tribunal de Justiça do Paraná.

Cotidiano