PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Ministro pede que advogado sem gravata se retire de sessão do STJ

Do UOL, em São Paulo

25/11/2021 09h36Atualizada em 25/11/2021 09h36

O ministro do STJ (Superior Tribunal de Justiça), Luis Felipe Salomão, pediu que um advogado sem gravata se retirasse de uma sessão, que ocorreu anteontem. O advogado usava uma camisa social branca e um paletó e, segundo o ministro, não estava vestido de "forma adequada".

O STJ exige o uso de terno e gravata para homens durante sessões. A obrigatoriedade foi mantida mesmo durante a pandemia, quando os julgamentos passaram a ser virtuais.

Antes que o recurso fosse julgado, o ministro Salomão interrompe o relator, o ministro Raul Araújo, e se dirige ao advogado: "Vossa Excelência não pode participar da sessão dessa forma, não é possível".

O advogado parece confuso, mas questiona: "Como assim?" e o ministro Salomão diz: "Tem que se trajar adequadamente". Do outro lado, não há resposta e o advogado é retirado da sessão virtual.

"Pode cancelar", afirma Salomão, que dá continuidade ao julgamento do recurso sem a presença do advogado.

Cotidiano