PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

'Grande mestre da arquitetura': veja a repercussão da morte de Ruy Ohtake

Arquiteto Ruy Ohtake morre aos 83 anos em São Paulo - Reprodução da internet
Arquiteto Ruy Ohtake morre aos 83 anos em São Paulo Imagem: Reprodução da internet

Do UOL, em São Paulo

27/11/2021 14h50

Personalidades, políticos e times de futebol lamentaram hoje a morte do arquiteto Ruy Ohtake, aos 83 anos. Ele lutava contra um tipo de câncer raro na medula chamado de mielodisplasia.

Entre suas obras, estão os hotéis Renaissance, Unique, o parque ecológico do Tietê e a sede do Instituto Tomie Ohtake, todos em São Paulo.

O velório ocorrerá hoje, em São Paulo, em cerimônia aberta apenas para familiares. O corpo do arquiteto será cremado no Horto da Paz.

Ruy era o filho mais velho da artista plástica nipo-brasileira Tomie Ohtake, falecida em 2015.

Ele também é autor de importantes obras no exterior, como a da Embaixada Brasileira em Tóquio, no Japão, e o museu aberto da Organização dos Estados Americanos, nos Estados Unidos.

Veja a repercussão:

João Doria (PSDB), governador de São Paulo:

"Lamento profundamente a morte do meu amigo e arquiteto Ruy Ohtake. Um grande mestre da arquitetura tal qual sua mãe, Tomie Ohtake foi nas artes. Ambos contribuíram muito para a cultura e os valores do Brasil. Meus sentimentos aos familiares e amigos."

Rodrigo Garcia (PSDB), vice-governador de São Paulo:

"Recebo com muita tristeza a notícia do falecimento de Ruy Ohtake. Tivemos o privilégio de contar com a genialidade dele em projetos habitacionais quando eu era Secretário de Habitação. Os "redondinhos" de Heliópolis, são projeto dele."

Secretaria de Cultura e Economia Criativa de São Paulo:

"Lamentamos profundamente a morte do arquiteto Ruy Ohtake, aos 83 anos, vítima de câncer. Filho da artista plástica Tomie Ohtake e um dos arquitetos mais prestigiados do País."

Fernando Haddad (PT), ex-prefeito de São Paulo:

"Ruy Ohtake se foi. Era um amigo querido. Sua arte se espalhou por São Paulo, no centro e na periferia. Gostava de gente. Grande perda."

Corinthians:

"Fiel, hoje o Brasil perdeu um de seus mais brilhantes arquitetos: Ruy Ohtake, aos 83 anos, de câncer. O Corinthians vai guardá-lo eternamente dentro dos nossos corações pela criação do projeto arquitetônico do CT Dr. Joaquim Grava. Nossos sentimentos à família e aos admiradores."

São Paulo Futebol Clube:

O São Paulo Futebol Clube lamenta profundamente o falecimento de Ruy Ohtake. O renomado arquiteto e grande são-paulino nos deixa aos 83 anos de idade. Ruy foi responsável pelo projeto do hotel do Centro de Formação de Atletas Presidente Laudo Natel, em Cotia. Desde 2012, o ambiente é utilizado como alojamento para as categorias de base do Tricolor. O São Paulo se solidariza com os familiares e amigos neste momento difícil."

Memorial da América Latina:

O Memorial da América Latina lamenta a morte do arquiteto Ruy Ohtake, aos 83 anos. Fiho primogênito da artista japonesa Tomie Ohtake, Ruy é o responsável por edifícios icônicos em São Paulo e por todo o Brasil. É de sua autoria, por exemplo, o Instituto Tomie Ohkate e o Hotel Unique. Utilizando cores fortes e geometria bem definida, Ruy Ohtake ajudou a dar uma nova cara à arquitetura paulista. Seu legado e sua história estarão sempre presentes entre nós. À família e amigos, nossos mais profundos sentimentos. Descanse em paz, Ruy."

Emidio de Souza, deputado estadual (PT-SP):

"O mundo perdeu um grande arquiteto. Ruy Ohtake deixa um grande legado para a arquitetura e o urbanismo do Brasil. Quando prefeito de Osasco, tive a satisfação de conviver com ele e contar com sua contribuição na minha administração. É dele e projeto do CEU Zilda Arns, por exemplo."

Itamaraty lamenta morte

O Ministério das Relações Exteriores também lamentou, por meio de nota divulgada nas redes sociais, a morte do arquiteto Ruy Ohtake.

"A obra de Ruy Ohtake transformou a paisagem urbana em muitos lugares no Brasil e no mundo, mas sobretudo em São Paulo, que concentra o maior número de suas construções. Ruy Ohtake foi colaborador frequente do Itamaraty em iniciativas de promoção internacional da arquitetura brasileira. O maior legado dessa parceria está materializado na Embaixada do Brasil em Tóquio, projetada pelo arquiteto em 1981 e considerada pelo New York Times como uma das preciosidades da arquitetura contemporânea da capital japonesa", diz trecho do comunicado.

"O Ministério das Relações Exteriores expressa seus sentimentos aos familiares, colegas e amigos de Ruy Ohtake e une-se aos que lamentam a perda de um dos talentos que projetaram a arquitetura brasileira no exterior", acrescenta, em seguida.

Cotidiano