PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
3 meses

Certificados falsos de vacinação são vendidos por R$ 200 no Rio, diz TV

Ambulantes vendem cartões de vacinação falsificados na Uruguaiana e na Quinta da Boa Vista, segundo TV Globo. - Reprodução/TV Globo
Ambulantes vendem cartões de vacinação falsificados na Uruguaiana e na Quinta da Boa Vista, segundo TV Globo. Imagem: Reprodução/TV Globo

Colaboração para o UOL, em Brasília

21/01/2022 16h15

A Polícia Militar do Rio de Janeiro prendeu hoje quatro homens que vendiam ingressos e comprovantes falsos de vacinação na Zona Central da cidade. Na capital, ambulantes vendem cartões de vacinação falsos em branco por cerca de R$ 200, segundo informações da TV Globo.

Os documentos são usados para acessar locais onde é necessário comprovar a vacinação. Desde o ano passado, a prefeitura da cidade exige o passaporte para permitir a entrada em locais públicos, como academias, piscinas, estádios, cinemas, teatros e museus.

Segundo a reportagem da TV Globo, a Polícia Militar afirmou que os crimes são cometidos de forma velada, o que dificulta a identificação dos autores. A PM afirmou que mantém o patrulhamento nas áreas turísticas do Rio.

A comprovação é pedida também para moradores de outras cidades e turistas, em locais como o Cristo Redentor e o Pão de Açúcar.

De acordo com a lei, quem tentar fraudar o documento pode ser punido com multa de R$ 1.000. Caso a pessoa seja servidor público, a multa é de R$ 1.500.

Cotidiano