PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Mulher deixa bolsa cair com arma engatilhada e disparo mata filha no ES

Naiany era mãe de três filhos e foi descrita pelos amigos como "grande amiga" e "ótima profissional" - Reprodução/Facebook
Naiany era mãe de três filhos e foi descrita pelos amigos como 'grande amiga' e 'ótima profissional' Imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL, em São Paulo

05/05/2022 19h07Atualizada em 06/05/2022 18h23

Naiany Gonandy, 32, levou um tiro e morreu depois que a mãe dela, enquanto limpava um móvel, derrubou uma bolsa com uma arma engatilhada, que disparou, em Vila Velha (ES). Ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos, na terça-feira (3). A Justiça do Espírito Santo concedeu ontem liberdade provisória para a mãe, de 56 anos, que não teve o nome divulgado.

Segundo a Polícia Civil, a arma era uma garrucha calibre .32, que pertencia à família e foi herdada por um parente que já havia morrido. O pai da vítima, Paulino Júnior, declarou amor eterno à filha e alegou que essa "dor não vai passar".

A responsável pelo disparo foi autuada em flagrante por homicídio culposo e por posse ilegal de arma de fogo de uso permitido. Ela chegou a ser encaminhada para o sistema prisional, mas agora passa a responder em liberdade.

A arma foi apreendida e encaminhada para o setor do Departamento de Criminalística - Balística.

O corpo de Naiany foi encaminhado para o DML (Departamento Médico Legal) de Vitória, onde passou por exame cadavérico. O sepultamento ocorreu na manhã de hoje, segundo informaram amigos e familiares.

Naiany tinha três filhos, era designer de sobrancelhas e foi descrita como "uma grande amiga" e "ótima profissional" em depoimentos nas redes sociais.

O UOL entrou em contato com o advogado da mãe de Naiany para um posicionamento, mas não obteve retorno até a publicação desta reportagem. O espaço segue aberto para pronunciamentos.

Cotidiano