PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
2 meses

'Bonitinho mas ordinário': placa que avisa sobre cão bravo é sucesso em MG

A placa criada para alertar pedestres e visitantes a tomarem cuidado com o cãozinho Zero fez sucesso nas redes sociais por sua criatividade - Arquivo Pessoal
A placa criada para alertar pedestres e visitantes a tomarem cuidado com o cãozinho Zero fez sucesso nas redes sociais por sua criatividade Imagem: Arquivo Pessoal

Colaboração para o UOL

12/06/2022 04h00Atualizada em 12/06/2022 16h41

Esqueça a tradicional placa com os dizeres "cuidado, cão bravo", colocada nos portões das casas para avisar pedestres e visitantes sobre o temperamento do animal de guarda da residência. Demonstrando uma dose extra de criatividade, um casal de Uberaba (MG) inovou na hora de mandar confeccionar esse tipo de aviso e publicou uma foto que fez muito sucesso nas redes sociais.

"Cuidado cão bravo! É sério! Ele é bonitinho, mas é ordinário", diz a placa pendurada no portão da casa da publicitária Tamiris de Paula Borges, 31, e seu noivo, o designer de peças para motos Thiago Francisco de Morais, 36, que fica no bairro Frei Eugênio.

Tamiris e Thiago, tutores de Zero, pensam em criar um perfil no Instagram só para o cãozinho - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Tamiris e Thiago, tutores de Zero, pensam em criar um perfil no Instagram só para o cãozinho
Imagem: Arquivo Pessoal

A foto, que fez sucesso e já foi compartilhada por centenas de pessoas nas redes, mostra o "cão de guarda" da residência, chamado Zero (nome dado em homenagem ao cãozinho fantasma da animação "O Estranho Mundo de Jack") em pé, com as patas dianteiras sobre as grades do portão, ao lado da placa inusitada.

Apesar do aviso, seus tutores garantem que Zero nunca mordeu ninguém. "Claro que a gente sempre toma cuidado, mas, na verdade, ele nunca atacou as pessoas", contou Tamiris ao UOL. Ele tem um temperamento meio agressivo com estranhos, por isso redobramos o cuidado. Aqui no bairro sempre tem muita gente passando rente ao portão e por essa razão resolvi criar esse aviso".

Zero, hoje com 4 anos, foi adotado quando a tutora ainda morava com os pais na cidade de Igarapava. Ela visitou uma loja de rações para comprar produtos para doar a uma entidade que cuida de animais abandonados quando se deparou com o cãozinho.

"Ele estava lá, numa gaiola toda suja. Ele era tão pequeno e magrinho que eu não resisti. Acabei levando ele para casa, achando que ele não ia crescer muito. Mas me enganei completamente. Ele mais parece hoje um pônei. Quando fica em pé, sobre duas patas, a cabeça dele bate no meu ombro".

Meses após a adoção, Tamiris adoeceu e teve que entregar Zero aos cuidados dos pais, pois tinha que permanecer a maior parte do tempo em isolamento. "As visitas também eram controladas, pois tive câncer no sistema linfático e tinha que garantir o resguardo. Por isso, o Zero cresceu sem conviver muito com as pessoas e acho que por essa razão se tornou tão protetor", declarou a publicitária.

O sucesso em torno de Zero e o aviso de cão bravo é tamanho que o casal já ficou sabendo que as pessoas estão indo até o seu endereço para conhecer o cachorro e a placa. "Está virando uma atração turística", brincou a publicitária, avisando que o casal agora estuda criar um perfil no Instagram só para o cão de estimação.

"Tem muita gente pedindo para a gente criar um perfil só para ele. Ele é muito expressivo, a gente consegue entender o que ele está querendo só com as carinhas que ele faz. Estamos trabalhando muito, andamos meio ocupados. Mas quem sabe eu e o Thiago conseguimos encontrar um tempo para criar um perfil só para o Zero".

Cotidiano